Educação

Foto: Elias Oliveira Sorteio dos estandes foi realizado na manhã hoje na sede da Seduc Sorteio dos estandes foi realizado na manhã hoje na sede da Seduc

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), retoma, com o 9º Salão do Livro, o projeto de desenvolvimento econômico, educacional e cultural para o Tocantins. O evento, que antes era montado na Praça dos Girassóis, neste ano ganha novo corpo, sendo realizado, no Centro de Convenções Parque do Povo, entre 19 e 27 de sembro.

A otimização do espaço já representa redução de dois terços de gastos com relação às edições anteriores. A expectativa da organização é que cerca de 250 mil pessoas visitem os estandes do Salão do Livro, movimentando cerca de R$ 8 milhões durante os nove dias do evento.

O retorno do Salão do Livro recolocará o Tocantins em um cenário positivo a nível nacional, conforme o secretário de Estado da Educação, Adão Francisco de Oliveira. Segundo ele, o evento deve mobilizar e articular toda sociedade tocantinense e moradores de estados vizinhos. “O Salão do Livro voltou como um compromisso do governador Marcelo Miranda. Para nós, a realização do evento é extremamente importante no contexto em que nos encontramos: promove o turismo local, recoloca o Tocantins em um cenário positivo nacional e principalmente promove o desenvolvimento social, econômico e cultural”, afirmou Adão Francisco.

A boa notícia já é comemorada pelos expositores, que vêm o retorno do Salão como uma possibilidade de melhorar a renda. Jucélio Rodrigues Alves, da distribuidora JR Alves, veio de Araguaína para participar do sorteio dos estandes do Salão, que aconteceu na manhã desta quarta-feira, 29.

De acordo com Jucélio, eventos como o Salão do Livro são uma excelente oportunidade de se aproximarem ainda mais de seu público-alvo.  Segundo ele, a satisfação dos expositores é geral com o retorno do evento. “Estávamos ansiosos por esse retorno, vendo as potencialidades do Tocantins sendo desperdiçadas. Apesar de saber que o Estado passa por uma situação difícil, fiquei feliz e reconheço o esforço do Governo do Estado. Vamos fazer o melhor para atender as expectativas da organização”, garantiu.