Polí­tica

O Ministério Público Eleitoral informou ao Conexão Tocantins nesta terça-feira, 25, que irá recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em não cassar o mandato do atual governador do Estado, Marcelo Miranda e da vice-governadora, Claudia Lelis. O MPE moveu ação contra o governador e sua vice sob a acusação de captação ilícita de recursos financeiros, envolvendo a apreensão de uma aeronave que transportava R$ 500 mil e santinhos do então candidato a governador Marcelo Miranda, no ano passado em Goiás.  

De acordo com o Ministério Público Eleitoral, assim que o TRE lavrar o acórdão, abrirá um prazo de três dias para o Ministério Público Eleitoral entrar com recurso. 

Na última segunda-feira, 24, por 3 votos a 2, o TRE decidiu pela não cassação. Marcelo Miranda recebeu a notícia durante reunião com seus secretários, disse estar ainda mais fortalecido e que está valendo a pena todos os embates diários. "Quero dedicar esse resultado a todos os tocantinenses que nos elegeram. A eles e aos demais, quero reafirmar o meu empenho e da minha equipe para retomar a governança deste Estado que todos nós acreditamos. Os desafios sempre existirão, mas estaremos mais fortalecidos diante das dificuldades", disse o governador.