Polí­tica

Foto: Divulgação

O ex-deputado estadual, José Geraldo de Melo Oliveira deixou o cargo de superintendente federal da Agricultura no Tocantins no qual foi indicado pela senadora e ministra Katia Abreu (PMDB). Ele ficou cerca de dois meses apenas no cargo e retorna ao comando estadual do PTB, legenda na qual está à frente há anos.

A senadora Katia Abreu irá fazer uma nova indicação para o cargo.

A saída de José Geraldo veio após críticas por parte de alguns membros do partido pelo fato do partido ser oposição ao governo federal e ele aceitar a indicação para um cargo federal. O deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (PTB) chegou a dizer ao Conexão Tocantins que é preciso esclarecer o posicionamento do partido a nível estadual.

Eduardo disse que aguarda posição da nacional da legenda com relação aos rumos do partidos. O vice-presidente da legenda, prefeito de Nazaré, Clayton Paulo, também teria entregado o cargo de presidente interino durante o afastamento de José Geraldo o que gerou mais instabilidade na legenda.

O outro parlamentar estadual do partido, deputado Mauro Carlesse também estaria estudando deixar os quadros do PTB também em razão da direção. Eduardo reclamou ainda que não tem acesso ao programa de TV mesmo sendo o líder do partido na Assembleia Legislativa.

O ex-deputado tem negado qualquer problema na legenda e deixou o cargo para se dedicar ás eleições de 2016. José Geraldo diz contar com o apoio da direção nacional da legenda e destacou o trabalho diferenciado que tem feito desde 2007 no comando do partido.