Estado

Foto: Carlessandro Souza Capim Dourado é a principal fonte de renda do Mumbuca Capim Dourado é a principal fonte de renda do Mumbuca

Os quilombolas da Comunidade Mumbuca, localizada no Jalapão, vão receber vários cursos da Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social – Setas para auxiliar na geração de renda da comunidade e na atividade produtiva das famílias. A Associação dos artesãos faz um levantamento junto aos filiados com relação às áreas e demandas para a organização de um cronograma de cursos específicos para atender a comunidade.

A titular da Setas, Patrícia Amaral participou junto com a comunidade da Festa da Colheita do Capim Dourado que aconteceu de 18 a 20 de setembro deste mês e ouviu as demandas. “Conversamos com os artesãos, as famílias e membros da Associação para uma parceria com relação a cursos de geração de renda. A demanda virá da comunidade que escolherá as áreas e nós da Setas vamos atender as indicações da comunidade para apoiar e fortalecer a produção da comunidade”, disse. A secretáriaenalteceu a preservação da história, tradição e cultura da Comunidade bem como da valorização do conhecimento da arte do capim dourado.

O presidente da Associação, Edvam Ribeiro Gomes ressaltou a importância do apoio da Setas para aprimorar cada vez mais a técnica do capim dourado. “A comunidade hoje quer aprimorar o conhecimento na área de artesanato, que é a maior fonte de renda de todos nós aqui. Com os cursos vamos diversificar mais as peças”, disse. Atualmente 45 famílias vivem na comunidade.

A parceria para os cursos é vista com bons olhos também pelas mulheres que se dedicam á atividade artesanal no Mumbuca. “Tanto no artesanato como na área de costura, panificação tudo o que vier gerar renda para capacitar nossas mulheres é bem vindo!”, avaliou Ilana Ribeiro, artesã que integra também a Associação.

Festa da Colheita

A Festa do Capim Dourado além de celebrar a cultura quilombola propicia também aos visitantes rodas de conversa, apresentações musicais, cantigas de roda dentre outros. Este ano a programação contou ainda com o roteiro de base comunitária com visita à vereda para demonstração da colheita do capim dourado, com um condutor de turismo local além de oficinas demonstrativas de artesanato em capim dourado. A Festa contou ainda com a feira de produtos artesanais do Mumbuca e de outras comunidades também.

A Festa da Colheita do Capim Dourado acontece tradicionalmente há sete anos na Comunidade Mumbuca, no período do manejo sustentável do capim.b