Polí­cia

Foto: Divulgação

Mais uma revista foi realizada hoje, sexta-feira, 09, na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP). A operação começou às 7 horas da manhã e terminou às 17 horas. Nesse período, foram encontrados 41 aparelhos celulares e periféricos, 100 facas artesanais, conhecidas como chuços, cerca de 20 litros de cachaça artesanal e pequenas quantidades de maconha e cocaína.

A revista foi realizada em todos os pavilhões e celas especiais e foi solicitada pela diretoria da CPPP, com base em uma determinação da Secretaria de Defesa e Proteção Social (Sedeps) para que operações como essa sejam intensificadas em todas as unidades prisionais do Estado.

Em especial, a revista de hoje também foi motivada por uma investigação interna que apontou que presos estariam utilizando celulares dentro da unidade, o que não é permitido por Lei. Um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) será instaurado para apurar os responsáveis pela entrada dos objetos na unidade.

Participaram da operação agentes da própria unidade, com apoio da chefia de segurança, de agentes da Diretoria de Administração Prisional e da Gerência de Inteligência da Secretaria de Defesa e Proteção Social (Sedeps), policiais militares e profissionais da Humanizzare, empresa que administra a CPPP. (Matéria atualizada às 17h45min)