Estado

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira, 13, a greve dos bancários entrou no oitavo dia. No Tocantins 111 agências estão fechadas. A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) mantém o reajuste de 5,5% mais o abono de R$ 2.500 e até o momento, segundo os bancários, não demonstrou interesse em negociar.

O presidente do Sindicato dos Bancários, Crispim Batista Filho, está em São Paulo junto com a Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Créditos (Contec) para tentar reabrir as negociações com a Fenaban.

Segundo o presidente, a primeira semana de greve só reafirma o descaso dos banqueiros com os bancários. Batista Filho destaca que a greve continua por tempo indeterminado. “Esperamos que a Fenaban se sensibilize e trate a categoria com mais atenção e não fique omissa a todas as nossas reinvindicações. Vamos continuar lutando por melhorias, a paralisação continua por tempo indeterminado”, afirmou Crispim.