Cultura

Foto: Divulgação

O Projeto Sonora Brasil está de volta ao Tocantins. E está quase se despedindo. Na sexta e sábado, dias 30 e 31 de outubro, o grupo mineiro Ilumiara se apresenta em Gurupi e Palmas, respectivamente. Depois deles, em novembro, haverá a última apresentação desta temporada do ano com Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente. O Sonora Brasil é um projeto nacional do Sesc e consiste em difundir as expressões musicais brasileiras, contribuindo com a preservação da história musical brasileira.

O grupo Ilumiara é formado por Alexandre Gloor, Carlinhos Ferreira, Leandro César, Letícia Bertelli e Marcela Bertelli, todos de Belo Horizonte. O diferencial do quinteto é que eles atuam como pesquisadores na área e não fazem parte de nenhum grupo de tradição de cantos de trabalho, assim como as outras apresentações. Apesar disso, eles fazem a contextualização histórico-social dos cantos do trabalho no Brasil, trazendo no espetáculo um repertório dessas músicas cantadas por homens e mulheres/trabalhadores de todo Brasil e através de outros pesquisadores, como Mário de Andrade, Oswaldo de Souza e Ayres da Mata Machado.

Com uma visão contemporânea e arranjos modernos, os músicos interpretam cantos de lavadeiras, cantigas de ninar, vissungos (cantadas por escravos mineradores) e expressões de cidades mineiras como Bocaiúva, Jequitibá, Diamantina, Caraí, entre outras. Há lembranças dos cantos das fiandeiras, trabalhadores das antigas usinas de açúcar, pescadores, tropeiros, etc.

O espetáculo começa às 20 horas nos dois dias. Ele será realizado na sexta-feira, dia 30, no Auditório do Sesc em Gurupi. A entrada é gratuita. Já no sábado, a apresentação será no Teatro Sesc Palmas e os ingressos custam R$ 6 (usuário), R$ 4 (conveniado) e R$ 3 (comerciante/estudante/idoso) e são vendidos uma hora antes do início na bilheteria do teatro.

Sonora Brasil

O Sonora Brasil é um projeto nacional que busca divulgar a música regional, dando visibilidade a ela e contribuindo com a preservação da história musical brasileira. O tema Cantos de Trabalho apresenta expressões musicais relacionadas ao trabalho profissional e suas características. O objetivo é tornar vivo o canto de comunidades, usados para aliviar o desgaste físico, para passar o tempo ou ainda para externar a crítica e o lamento com as condições em que eram submetidos.

Por: Redação

Tags: Agenda Cultural, Sesc, Sonora Brasil