Polí­tica

Foto: Divulgação Para o deputado Carlos Gaguim o Ministério Público tem que intervir Para o deputado Carlos Gaguim o Ministério Público tem que intervir

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (PTN/TO) entrou em contato com o Conexão Tocantins para criticar a ida da vice-governadora Cláudia Lelis (PV) ao Rio de Janeiro para tratar de questões partidárias. Cláudia Lelis acompanhou a secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Meire Carreira, que assumiu a presidência do Partido da Mulher Brasileira (PMB). Para o deputado Gaguim, o caso é de polícia. "Caso de polícia. O Estado não está tendo comida nos hospitais, segurança publica, e a vice preocupada com partido. A vice com uma secretária de estado no Rio de Janeiro para tratar de partido político em horário de trabalho", criticou. 

Segundo Carlos Gaguim, a vice-governadora usa o governo em benefício próprio. "Não é normal um governo, uma pré-candidata a prefeita usar o governo, usar o instrumento do governo em benefício próprio, numa quarta-feira. Usando carro do Estado para ir atrás de partido no Rio de Janeiro", alfinetou. 

Para o deputado, o Ministério Público tem que intervir. "Isso é um absurdo! Foi recebendo diária, tudo, e acho que até as passagens foram por conta do governo, mas eles vão mentir falando que não. É um verdadeiro desrespeito com o povo", criticou. 

O deputado defendeu o impeachment da vice-governadora e demissão da secretária. "Isso dá impeachment da vice-governadora, dá inelegibilidade. Essa menina (Meire Carreira) ela é secretária de estado. O governador tem que tomar as providências com urgência", sustentou. 

Ex-governador saiu recentemente do PMB

Antes de se filiar ao PTN, o deputado federal Carlos Gaguim estava filiado no PMB, partido no qual ingressou depois de deixar o PMDB. Naquela oportunidade ao se filiar ao PMB, Gaguim foi eleito por unanimidade no dia 18 de fevereiro para liderar na Câmara dos Deputados a sigla que havia sido registrada no final de setembro do ano passado. 

O deputado federal chegou, inclusive, a convidar o filho do ex-governador Siqueira Campos, Alex Siqueira Campos, para filiar-se ao PMB e posteriormente em almoço com jornalistas confirmou que seu nome estava colocado para concorrer à Prefeitura de Palmas pelo partido.

Posteriormente Carlos Gaguim filiou-se e assumiu a direção do PTN no Tocantins

Por: Redação

Tags: Carlos Gaguim, Claudia Lélis, PMB