Estado

Foto: Carlessandro Souza Equipe da Setas atuará em várias frentes de ações Equipe da Setas atuará em várias frentes de ações

Ações do Governo do Estado marcam presença numa das maiores competições do mundo, o Rally dos Sertões 2016. Enquanto pilotos disputam o título de uma das provas off-road, equipes da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) desenvolverão atividades de ação social, nos dias 8 e 9 de setembro, nas comunidades do Jalapão. A 24ª edição do Rally Internacional dos Sertões pelo Tocantins acontecerá dos dias 3 a 10 de setembro.  

Durante a programação do Rally, os moradores de Mateiros e Natividade que fazem parte do Cadastro único (CadÚnico) e do Programa Bolsa Família (PBF), poderão participar dos cursos ofertados pelo Projeto Apoiando e Acreditando nas Famílias Tocantinense (Aafeto),  que serão realizados  no Centro de Referência da Assistência Social (Cras), de cada cidade, a partir das 8h. Nesta ação, trabalhadores do PBF e Cartão do Idoso realizarão reuniões e visitas técnicas levando informações e orientações às famílias.

A secretária da Setas, Patrícia do Amaral destacou a parceria do Governo do Estado na  competição de Off Road do Brasil. “Durante a passagem do Rally dos Sertões, ações de cunho social com os municípios pobres na rota que percorrerá a trilha serão desenvolvidas por várias secretarias como as da Setas, Educação, Saúde, Meio Ambiente, entre outras”, explicou.

Praia da Graciosa

Durante a passagem do Rally em Palmas, dia 10 de setembro, na Praia da Graciosa, a Setas estará com um stand expondo diversos tipos de produtos da Aafeto, onde o público poderá conhecer e comprar as peças de artesanato produzidas pelas alunas do Projeto.

Rally dos Sertões 2016

O Rally dos Sertões 2016 terá início no dia 3 de setembro, em Goiânia (GO), e percorrerá 3.143 km até chegar a Palmas, no dia 10 de setembro. A 24ª edição terá sete etapas, passando por Goiás, Bahia e Tocantins. O percurso no Tocantins começa na 5ª etapa, no município de Mateiros, região do Jalapão. De lá os pilotos passarão por Ponte Alta e encerrarão a aventura na Capital. Mais de 2 mil e 500 pessoas compõem a caravana.