Geral

Foto: Divulgação

Faleceu no início da noite desta terça-feira, 08, a jornalista Aline Santos Soares Brabo, assessora de comunicação da Polícia Militar do Estado do Tocantins. A jornalista tinha 33 anos e faleceu em decorrência de eclampsia após um descolamento de placenta que levou à morte ainda pela manhã, a criança que ela esperava.

O velório da jornalista e da criança ocorrerá na Igreja Videira, a partir das 5 horas dessa quarta-feira, na 108 Sul (antiga Arse 13), no centro de Palmas/TO. A jornalista deixa o marido, oficial PM Reginaldo Brabo e uma filha de 4 anos.

Nos últimos 15 dias quatro profissionais da comunicação do Tocantins faleceram. Ainda no dia 24 de fevereiro Olga Cavalcante faleceu aos 66 anos, depois de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). No dia 28 de fevereiro faleceu o jornalista Iberê Barroso aos 86 anos e no dia 1º de março faleceu a jornalista Maria Arienar da Silva, 50 anos, vítima de um câncer de estômago.

Por meio de nota o comandante geral da Polícia Militar, cel. Glauber de Oliveira Santos, lamentou a morte da jornalista. "Além de uma grande profissional e amiga, Aline se destacava pela sua dinamicidade. Além de jornalista, onde produzia belos textos para matérias especiais e releases da PMTO, era bacharel em direito e dominava a arte de fazer um belo cerimonial, fotografia e edição de imagens, sempre buscando o aperfeiçoamento profissional". 

A Federação das Associações de Praças Militares do Estado do Tocantins (Faspra/TO), pelo presidente João Victortambém encaminhou nota, lamentando. "A Faspra-TO presta sinceras condolências ao Sargento Brabo e a todos os demais familiares e espera que Deus possa confortar os seus corações neste momento de luto e grande sofrimento". 

O Sistema Fecomércio do Tocantins também lamentou. "O Sistema Fecomércio Tocantins lamenta profundamente o falecimento da jornalista Aline Brabo que contribuiu por dois em nossa instituição com seu exímio trabalho e dedicação. Neste momento de dor e luto, todos os diretores e colaboradores do Sistema Fecomércio expressam sinceras condolências e respeito à família enlutada". 

Confira abaixo as notas de pesar: 

Nota de Falecimento: Aline Santos Soares Brabo

É com grande pesar que informamos o falecimento de Aline Santos Soares Brabo e de sua filha, na noite de hoje, 07, por complicações no parto, em Palmas.

Aline era jornalista da Ascom da PMTO e esposa do 3º Sgt Reginaldo Brabo, lotado na Assessoria da Polícia Comunitária. Além de uma grande profissional e amiga, Aline se destacava pela sua dinamicidade. Além de jornalista, onde produzia belos textos para matérias especiais e releases da PMTO, era bacharel em direito e dominava a arte de fazer um belo cerimonial, fotografia e edição de imagens, sempre buscando o aperfeiçoamento profissional.

Natural de Cachoeira Dourada – MG, nossa amiga Aline era defensora da instituição que trabalhava, demonstrando diariamente o amor pela profissão que escolheu. Mulher forte e batalhadora, de opinião formada e firme, muito criativa e comunicativa, sempre tinha uma palavra amiga para passar e animava o ambiente de trabalho com sua personalidade contagiante. Ela deixa o marido e uma filha de 4 anos.

Neste dia enlutado, a família policial militar do Estado do Tocantins lamenta profundamente a perda desta profissional exemplar e se solidariza com parentes e amigos. Que Deus em sua infinita sabedoria possa confortar o coração de todos diante de mais esta perda irreparável para a corporação.

Glauber de Oliveira Santos – CEL QOPM

Comandante Geral da PMTO

------------------------------------------------------------------------------------------------

Nota de Pesar Faspra

Com enorme tristeza a Federação das Associações de Praças Militares do Estado do Tocantins (Faspra-TO) recebeu no final do dia desta terça-feira (07) a lamentável notícia de falecimento da esposa e da filha recém-nascida do Sargento PM Reginaldo Junior Brabo.

Após complicações no parto, a criança veio a óbito pouco tempo depois de nascer e logo mais à noite, por volta das 19h, a mãe também morreu.

Aline Brabo, 33 anos, esposa do Sargento Brabo, era jornalista e prestava serviço às Assessorias de Comunicação da PMTO e da Fundação Pró Tocantins. Aline era exímia profissional admirada e querida por toda a corporação e deixa órfã a pequena Maria Isabel de apenas 4 anos de idade.

Na data em que antecede o Dia Internacional da Mulher, Aline Brabo, um grande exemplo de mulher, profissional, mãe e esposa partiu e não estará mais entre os seus entes queridos e amigos, mas habitará agora a casa do Pai celestial acompanhada de sua amada filha.

O velório acontecerá na Igreja Videira, no centro de Palmas.

A Faspra-TO presta sinceras condolências ao Sargento Brabo e a todos os demais familiares e espera que Deus possa confortar os seus corações neste momento de luto e grande sofrimento. A Federação se solidariza com a perda do companheiro de farda e se coloca à disposição para auxiliar no que for necessário e no que estiver ao alcance da entidade.

Sargento João Victor – presidente da Faspra-TO 

----------------------------------------------------------------------------------------------

Nota de Pesar

O Sistema Fecomércio Tocantins lamenta profundamente o falecimento da jornalista Aline Brabo que contribuiu por dois em nossa instituição com seu exímio trabalho e dedicação. Neste momento de dor e luto, todos os diretores e colaboradores do Sistema Fecomércio expressam sinceras condolências e respeito à família enlutada. Que Deus conforte o coração de todos os amigos e familiares.

------------------------------------------------------------------------------------------------ 

Nota de pesar

É com muita tristeza que nós, da Secretaria de Estado da Comunicação Social do Tocantins, recebemos a notícia da partida, aos 33 anos, da nossa colega jornalista, Aline Brabo, no início da noite dessa terça-feira, 7 de março. Rogamos a Deus que receba em seus braços, Aline e sua pequena Ana Júlia.

À família, ao marido, a filha de 4 anos, aos colegas da Assessoria de Comunicação da Polícia Militar, e de toda a corporação, nos solidarizamos nesse momento tão difícil.

Secretaria de Estado da Comunicação Social