Esporte

Foto: Divulgação

O biribol vem ganhando força e adeptos na capital Palmas/TO e Araguaína/TO. Neste final de semana, é a vez de Araguaína, localizada a 380 km da capital, sediar o torneio de biribol das AABB’s do Tocantins. Ao todo, oito equipes irão participar, sendo dois times de Palmas e seis araguainenses.

Segundo um dos atletas e organizador da viagem, Pelágio Nobre, a intenção das equipes da AABB Palmas é conquistar os títulos de campeão e vice do torneio. A equipe 1 do time Porcos D’água é formada por: Fabrício, Eliseu, Hélio, Weverson, Fernando e Pelágio. Já a equipe 2 será formado por: Raul, Elias Júnior, Vinícius, Henrique, Luiz Bembo e Jessé Davi.

Para Pelágio, o biribol está crescendo e se fortalecendo no Tocantins porque o esporte é agregador, aceitando atletas de todas as idades e condições físicas, além disso, os campeonatos agitam os adeptos e tornam a prática ainda mais competitiva e interessante.  

“Vale lembrar que Palmas e Araguaína já contracenam uma rivalidade saudável e sempre que fazemos um torneio aqui, contamos com a presença de pelo menos um time ou dupla, e vice-versa. Isso contribui e muito para que o nível do esporte no Estado esteja sempre alto”, explicou o presidente da AABB Palmas, Pedro Carvalho, que também é adepto do biribol.

Esporte

O biribol é um esporte coletivo originalmente brasileiro, criado na cidade de Birigui – São Paulo, em 1968, pelo professor e empresário Dario Miguel Pedro. É praticado dentro de uma piscina com 4m x 8m x 1,30 (profundidade), com rede (a 2,62 metros de altura para o masculino e 2,40 metros para o feminino), bola específica e postes de sustentação. Duas equipes de duas ou quatro pessoas participam da disputa que muito se assemelha às regras do voleibol.