Estado

Foto: Divulgação

Faleceu na manhã desta quarta-feira, dia 3, no Hospital Geral de Palmas (HGP), o bispo emérito da Prelazia de Cristalândia/TO, Dom Heriberto Hermes. Aos 84 anos, Dom Heriberto estava internado há cerca de um mês, devido a problemas de saúde.

De acordo com informações da Prelazia de Cristalândia, DomHeriberto John Hermes nasceu em Shallow Water, Kansas, Estados Unidos, aos 25 de maio de 1933, filho de John e Mary Hilger Hermes. Foi nomeado pelo Papa S. João Paulo II como bispo prelado de Cristalândia aos 20 de junho de 1990. Teve a sua renúncia, por motivo de idade, aceita pelo Papa Bento XVI aos 25 de fevereiro de 2009. Foram 19 anos como bispo prelado e outros 10 como bispo emérito com dedicação total à igreja e à comunidade, totalizando 29 anos dedicados ao bispado. Dom Heriberto era o mais respeitado padre da região. Foi ele quem criou o Centro de Direitos Humanos de Cristalândia.

A Prelazia de Cristalândia declarou em nota que perdeu um de seus membros mais amados, que “doou a sua vida com simplicidade, gratuidade e dedicação aos mais pobres”. Nos últimos dez anos, Dom Heriberto viveu em Paraíso do Tocantins, dentro do território da Prelazia de Cristalândia, dedicando-se ao Centro de Direitos humanos, mas nunca deixou de participar das reuniões do Clero de Cristalândia. “Era uma presença discreta, respeitosa e alegre com todos que até os últimos instantes de consciência pensava na missão e no que ainda necessitava fazer”. É o que revela a nota divulgada pela Prelazia de Cristalândia.

O velório de Dom Heriberto está previsto para começar por volta das 13 horas desta quarta-feira, no Centro Pastoral da Igreja Católica de Paraíso, localizado na Praça da Matriz, centro da cidade, permanecendo até a manhã desta quinta-feira, dia 4, de onde seguirá para Cristalândia. O sepultamento será às 17 horas na Catedral do município.

O deputado estadual Paulo Mourão (PT) recebeu a notícia da morte de Dom Heriberto Hermes com profundo pesar. O parlamentar e sua família tinha uma relação fraternal e de amizade muito forte com o religioso que atuou por 27 anos na Prelazia de Cristalândia, cidade natal de Paulo Mourão. “Dom Heriberto dedicou sua vida à defesa dos direitos humanos, ao combate à pobreza, à política de combate às injustiças sociais, o Tocantins perde não só um valoroso homem, mas um soldado das causas sociais e humanitárias”, comentou o parlamentar. “Ele tinha um jeito calado, mas representou de forma veemente os mais pobres, fica o legado de exemplo desse grande homem que cumpriu de forma admirável seu papel aqui na terra, espalhando amor e fraternidade à comunidade, e que agora parte para o descanso eterno, que o nosso bom Deus conforte aos familiares, amigos e todos os fiéis da prelazia de Cristalândia”, sintetizou consternado.

Confira abaixo a nota do deputado Paulo Mourão na íntegra.

Nota de Pesar

Lamentamos profundamente a morte do bispo emérito Dom Heriberto Hermes, ocorrida na manhã desta quarta-feira, dia 3, no Hospital Geral de Palmas (HGP). Dom Heriberto que tinha 84 anos e estava internado há um mês, devido a problemas de saúde. Por ser filho de Cristalândia, eu e minha família tínhamos uma relação fraternal e de amizade muito forte com Dom Heriberto. Vou sempre lembrar dele como uma pessoa dedicada a servir ao próximo. Ele que atuou por 27 anos na Prelazia de Cristalândia, dedicou sua vida à defesa dos direitos humanos, ao combate à pobreza, à política de combate às injustiças sociais, o Tocantins perde não só um valoroso homem, mas um soldado das causas sociais e humanitárias. Dom Heriberto tinha um jeito calado, mas representou de forma veemente os mais pobres, fica o legado de exemplo desse grande homem que cumpriu de forma admirável seu papel aqui na terra, espalhando amor e fraternidade à comunidade, e que agora parte para o descanso eterno, que o nosso bom Deus conforte aos familiares, amigos e todos os fiéis da prelazia de Cristalândia.

Deputado Estadual Paulo Mourão