Ciência & Tecnologia

No início do ano passado, uma pesquisa feita na Inglaterra comprovou que os discos rígidos de computadores antigos, descartados como sucata ou vendidos para lojas de equipamentos usados, eram uma mina de ouro para ladrões de informações pessoais e até de segredos comerciais.

Discos rígidos usados

Se alguém pudesse ter levantado a hipótese de que se trata de um comportamento relapso restrito aos ingleses, uma nova pesquisa agora relata que esse problema é largamente disseminado. O novo estudo foi feito simultaneamente na Autrália, Alemanha, na própria Inglaterra e nos Estados Unidos.

Os pesquisadores compraram 350 discos rígidos em lojas de equipamentos usados em todos esses países e descobriram que 37% deles continham informações confidenciais e que poderiam ser utilizadas para prejudicar seus antigos donos.

Dados corporativos em casa

As informações recuperados incluíram dados de contas bancárias e cartões de crédito, detalhes sobre o salário do antigo dono, registros médicos, históricos de compras online e dados financeiros de uma empresa.

"Uma parcela dos 350 discos continha uma mescla substancial de dados corporativos e pessoais," diz o pesquisador Andrew Blyth, da Universidade de Glamorgan. "Isso sugere que muitos usuários estão trabalhando com dados corporativos em casa, o que levanta sérias preocupações. Há virtualmente milhões de discos rígidos à venda nesse instante, que continuam contendo material altamente confidencial."

Fonte: Inovação Tecnológica

 

Por: Redação

Tags: Discos Rígidos, Lojistas, Mundo Digital