Palmas

A comunidade estudantil de Palmas poderá contar com um novo espaço para estudos e experimentos na área da Física. Trata-se do projeto Bosque Ciência, que foi lançado, oficialmente, na manhã desta quinta-feira, 28, às 8h, na sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia (Semact), localizada na Avenida Theotônio Segurado, onde funcionará o centro de ciências.

Participaram do evento o prefeito em exercício, Derval de Paiva, o titular da Semact, Sadi Cassol, o diretor de Ciência e Tecnologia da Semact, Igor Barbosa Melo, e uma turma de alunos do 9º ano, da Escola Municipal Antônio Gonçalves, que tiveram a oportunidade de conhecer e explorar o espaço de perto.

Até o momento, já foram instalados nove experimentos na área da Física, como espelhos côncavo e convexo, parábolas comunicantes, giroscópio, dentre outros. Além disso, o local abrigará o Núcleo de Educação Ambiental, que irá oferecer palestras, biblioteca verde e outros experimentos científicos que poderão ser vistos em ambientes fechados e a céu aberto. Atualmente, na mesma área, existe o Orquidário de Palmas, que poderá fazer parte da estrutura do projeto, como um centro de pesquisa de flores tropicais.

O Bosque Ciência será um espaço público aberto a visitações, com experimentos científicos permanentes, destinado às aulas práticas, exposições, mostras e feiras. Voltado principalmente para crianças e adolescentes, do Ensino Fundamental e Médio, o projeto tem como principal objetivo contribuir para a melhoria do ensino de ciências e oferecer à comunidade palmense um espaço que transmita, de forma lúdica e interativa, o conhecimento científico.

 

 

Fonte: Ascop

Por: Redação

Tags: Bosque, Ciência, Estudantes, Palmas