Estado

O alcance do Programa Nacional de Inclusão de Jovens – o Projovem Trabalhador – será ampliado no Tocantins para 72 municípios. As vagas serão disponibilizadas a partir de 2 de fevereiro, para quatro mil jovens na faixa de 18 a 29 anos. O Programa será gerenciado pela Sejuv - Secretaria Estadual da Juventude, através da Coordenação de Projetos Juvenis.

Por um período de seis meses, o jovem cadastrado receberá uma bolsa auxílio, no valor de R0, enquanto participa de atividades de qualificação profissional. A oportunidade é para aqueles tocantinenses de baixa renda e escolaridade, sem acesso a cursos de formação técnica, de média duração. Mas somente receberá o benefício aquele que comprovar freqüência em sala de aula.

Para cada um dos municípios, o Projovem Trabalhador disponibilizará, em média, 50 vagas. A previsão é que o período de aulas seja de 1º de abril a 30 de outubro. Concluída a formação, à Sejuv caberá a intermediação de 30% dos formandos no mercado de trabalho.

Para participar do Projovem Trabalhador, o candidato deve:

• Estar em situação de desemprego;

• Pertencer a família com renda, per capita, de até um salário mínimo;

• Estar cursando ou ter concluído o ensino fundamental;

• Estar cursando ou ter concluído o ensino médio.

No Tocantins, o Programa Juventude Cidadã/Primeiro Emprego, cujos moldes de benefício ajudaram a formar o Projovem Trabalhador, atendeu três mil jovens nos 23 maiores municípios, em 2008. A nova iniciativa é desenvolvida em parceria pelo Governo do Estado, Secretaria Estadual da Juventude e Ministério do Trabalho e Emprego.

Fonte: Assessoria de Imprensa Sejuv

Por: Redação

Tags: Estado, Municípios, Projovem, Sejuv