Cultura

Foto: Divulgação

A Seleção Pública do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania contemplou o projeto Telinha de Cinema como um dos dois projetos de abrangência nacional. O anúncio dos selecionados aconteceu ontem (25) na sede da ONG AfroReagge, em Vigário geral, Rio de Janeiro-RJ. Com o patrocínio da estatal e do Instituto Vivo, a iniciativa será ampliada nos próximos dois anos.

Com a parceria da Universidade Federal do Tocantins e a Universidade do Estado de Goiás, o Telinha ganha novos desdobramentos, levando práticas e reflexões sobre educação e arte digital para comunidades goianas e tocantinenses. “O Tocantins está fazendo sua parte para o desenvolvimento social do país e é fantástico ver que o interior do Brasil está a cada dia trazendo respostas práticas, eficientes e inovadoras para problemas sociais que dificultam o crescimento da nação”, reflete Aluísio Cavalcante, presidente da Casa da Árvore Projetos Sociais.

A partir de 2011 o Telinha de Cinema contará também com um circuito de residência artísticas, onde artistas digitais de todo o Brasil serão selecionados através de edital público para desenvolverem atividades de produção artística colaborativa nos núcleos comunitários do projeto, além de palestras e mini-cursos sobre educação, arte e novas tecnologias junto com as duas universidades parceiras. Em dois anos projeto buscará atender 1440 adolescentes de 15 a 17 anos e 640 jovens de 18 a 29 anos. “Com o reforço da Petrobras e das duas Universidades nós vamos ampliar nossa equipe de educadores e artistas dedicados ao projeto e com isso ampliar as experiências de vida de quase dois mil jovens de duas regiões brasileiras”, comemora Leila Dias, responsável técnica pelo projeto.

O Tocantins teve ainda outros dois projetos selecionados. O Centro de Capacitação de Jovens da Agricultura Familiar, proposto pela COMSAÚDE, que atenderá a 350 jovens da região de Porto Nacional, e Beneficiamento de frutos do Cerrado e artesanato para geração de renda do povo Xerente, elaborado pela Associação Indígena Akwe.

Ao todo 113 projetos sociais dos 5.183 projetos inscritos foram selecionados. O investimento será de R$ 110 milhões no período de dois anos, em projetos voltados para Geração de Renda e Oportunidade de Trabalho, Educação para a Qualificação Profissional e Garantia dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. Esta nova edição do Programa nos consolida como a maior empresa patrocinadora de projetos sociais do Brasil.

A distribuição territorial dos projetos contemplou mais de 450 municípios em todos os estados brasileiros. A Região Norte terá 14 projetos patrocinados, com recursos de R$ 13,1 milhões. O Nordeste terá 40 projetos, que receberão R$ 40,4 milhões. No Centro Oeste, os 8 projetos selecionados obterão R$ 9,1 milhões. No Sudeste, são 31 projetos, com recursos de R$ 31,8 milhões. Os 16 projetos da Região Sul receberão R$ 11,2 milhões. Além destes, os 4 projetos com abrangência regional e nacional receberão recursos de R$ 3,9 milhões.

Veja a lista completa de projetos selecionados no site do Programa: http://www.petrobras.com.br/desenvolvimentoecidadania

Fonte: Assessoria de Imprensa