Polí­tica

A Assembleia Legislativa homenageia nesta terça-feira, dia 21, cinco personalidades com o Titulo de Cidadão Tocantinense. Entre os agraciados estão os médicos Eduardo Manzano e Heloísa Manzano, o ministro da Integração Nacional, o engenheiro João Reis Santana Filho, o advogado Aparício José da Silva Ramos Varanda e o Padre Francisco de Assis Silva Alfenas. A sessão solene está marcada para às 9h, no plenário da Casa.

O médico Eduardo Manzano é paulista, formado em medicina pela Faculdade de Medicina da USP. Em 1968 veio morar na cidade de Porto Nacional. E em 1969 fundou, em conjunto com outros profissionais, a Comunidade de Saúde, Desenvolvimento e Educação – Comsaúde.

Ele é presidente regional no Tocantins da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, servidor (aposentado) da Secretaria de Saúde do Estado do Tocantins, da Prefeitura de Palmas e da Prefeitura de Porto Nacional.

Em 2004 recebeu o Título de Professor Emérito da Universidade Federal de Goiás. Tem vários trabalhos científicos publicados e um livro de memórias. A indicação para o título é de autoria do deputado José Viana (PSC)

Heloisa Lotufo Manzano nasceu em Santos (SP). É formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Em 1968, chega a Porto Nacional, já casada com o médico Eduardo Manzano, onde iniciaram o projeto da Comunidade de Saúde, Desenvolvimento e Educação - Comsaúde, onde atua há mais de quarenta anos.

Hoje, o trabalho é desenvolvido através do Centrinho e busca, além da recuperação nutricional infantil, proporcionar às mães condições para sua auto sustentabilidade. A homenagem foi também solicitada pelo deputado José Viana.

O ministro João Reis Santana Filho é Engenheiro eletricista, formado pela Escola de Engenharia Eletromecânica da Bahia. Tomou posse no cargo de Ministro da Integração Nacional em 31 de março de 2010.

Entre os vários cargos que ocupou estão o de presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento; presidente da Companhia de Habitação do Estado da Bahia; secretário Municipal de Serviços Públicos de Salvador – Bahia - e Professor da Cadeira de Medidas Elétricas na Escola de Engenharia Eletromecânica da Bahia.

Uma de suas principais responsabilidades, logo que chegou ao Ministério da Integração, foi à frente da coordenação-geral do projeto de Integração do rio São Francisco, obra de importância nacional garantida pelo PAC – Programa de Aceleração do Crescimento. A indicação para o título é de autoria do deputado Junior Coimbra (PMDB) .

O advogado Aparício José da Silva Ramos Varanda

nasceu em Portugal e está radicado no Brasil desde 1954. É Graduado em Direito e Ciências Sociais, pela Universidade de Guarulhos (1973); doutorando em Ciências Jurídicas, pela Universidade Católica Argentina; pós-graduado em Contabilidade Pública, pela Faculdade de Jataí (1990); em Língua Portuguesa (1991); em Urbanismo, pela ULBRA (2000).

Possui experiência profissional em Ciência Política e atua profissionalmente nos áreas de advocacia, com ênfase em Direito Eleitoral (TRE e TSE) e Controle Externo (TCE e TCU), e Consultoria/Assessoria em Gestão Pública, com ênfase em projetos de Controle Interno.

Radicado no Tocantins desde 1988, participou ativamente da instalação do Estado, colaborando na estruturação, organização e funcionamento de algumas das mais importantes instituições tocantinenses. A indicação para o título é de autoria do deputado Stalin Bucar (PR)

Natural da cidade de Brás Pires/MG, o Padre Francisco de Assis Silva Alfenas nasceu em 1967 e tornou-se sacerdote no ano de 1997 em Minas Gerais. Entre os anos de 1998 a 2000, cursou Mestrado em Educação na Universidade Federal Fluminense/RJ. Atualmente é diretor geral do Colégio Santa Cruz e da Faculdade Católica Dom Orione de Araguaína. /SP. A indicação para o título é de autoria do deputado Cesar Halun (PPS).

Fonte: Dicom/AL