Polí­cia

A Associação dos Cabos e Soldados Servidores Militares do Estado do Tocantins (ACS-TO) apresentou nesta ultima quarta-feira, 13, no Comando Geral da Polícia Militar, através de documento protocolado, o conjunto de propostas elaboradas para atender as reivindicações dos servidores militares.

Além do cabo Geovane dos Santos, presidente da ACS-TO, outras associações militares também foram recebidas pelo coronel Marielton Francisco dos Santos, comandante geral da Polícia Militar no Tocantins. O encontro levantou discussões relativas às questões de anseio da classe militar e à melhoria na qualidade da segurança pública no Estado.

Dentre o que foi apresentado pelo presidente da ACS-TO estão casos como o PCCS, as condições de serviço (trocas, extras e escalas), promoções, concursos, reintegração de servidores, além de outros que foram pontuados no documento protocolado.

Logo na manhã desta quinta-feira, 14, o cabo Geovane dos Santos reuniu a diretoria da ACS-TO e realizou uma reunião aberta aos associados para pôr à vista as questões protocoladas no Comando Geral e discutir os próximos passos que levem ao deferimento das propostas apresentadas.

Os comandos da polícia e dos bombeiros militares do Tocantins se prontificaram a debater e dar retorno às reivindicações em reunião marcada para esta sexta-feira (15).

O presidente da ACS-TO frisa que nunca foi tão bem recebido por um comandante geral da PM e acredita que o melhor será providenciado para atender às necessidades da classe. As repostas às propostas assim como tudo o que for decidido nas reuniões será transmitido à imprensa, segundo informações da Assessoria de Imprensa da ACS-TO.

(Confira na integra o documento apresentado ao Comando Geral da Polícia Militar do Tocantins).