Polí­tica

O deputado federal Ângelo Agnolin, primeiro vice-líder do PDT na Câmara, assinou nesta terça-feira, 17, o pedido de abertura da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) na Câmara dos Deputados que vai apurar as ligações do bicheiro Carlinhos Cachoeira com políticos e empresários. O deputado apoia-se na ideia de que é preciso investigação rigorosa e punição a todos os envolvidos.

“A população brasileira está exausta dessa nebulosidade nos processos políticos. É preciso investigação no sentido profundo da palavra, para que haja respeito comum aos atos públicos”, ressaltou. Segundo Agnolin, o fato de o governo ter acenado que não pretende dificultar as investigações dá a certeza de que a CPMI será instalada.

Para a criação da Comissão são necessárias as assinaturas de 27 senadores e de 171 deputados. Já assinaram a petição mais de 330 deputados e 67 senadores. A CPI Mista, que vai investigar os ilícitos desvendados pela Polícia Federal nas operações Vegas e Monte Carlo, será integrada por 15 deputados e 15 senadores e terá um prazo de 180 dias para a realização dos seus trabalhos. (Ascom Angelo Agnolin)

Por: Redação

Tags: Angelo Agnolin, Carlos Cachoeira