Polí­tica

Foto: Divulgação

Através de nota o suplente de senador, Ataídes Oliveira informou sobre o encontro do governador Siqueira Campos (PSDB) com o empresário investigado pela Polícia Federal Carlos Augusto de Almeida Ramos (Carlinhos Cachoeira). A secretaria de Comunicação informou que Siqueira encontrou com o bicheiro intermediado por Ataídes.

O suplente confirma que o referido encontro de fato aconteceu, nas dependências do edifício Excalibur durante visita do governador mas teria sido um encontro casual já que Cachoeira residia no mesmo prédio. “A partir desse momento, houve uma rápida conversa de cerca de dois minutos entre os recém-apresentados”, diz a nota. Ataídes afirma que desconhece outros encontros que poderiam ter ocorrido entre Siqueira e Cachoeira.

“Também afirma que não tinha conhecimento de doações de campanha feitas pelo Carlinhos Cachoeira, ou por qualquer outra empresa ou pessoa ligada a ele, recentemente mencionadas pela imprensa local e nacional”, completa Ataídes.

As relações de Cachoeira com políticos do Tocantins foram reveladas através de escutas telefônicas da Operação Monte Carlo.

Veja a íntegra da nota:

Sobre a ligação do Governado Siqueira Campos com Carlinhos Cachoeira

O empresário e suplente de senador Ataídes Oliveira, por meio de sua assessoria de imprensa informa que, a respeito da declaração feita no dia 17 de abril de 2012 pela Secretaria de Comunicação do Governo do Tocantins, relativa ao encontro do Governador Siqueira Campos com Carlinhos Cachoeira, onde consta seu nome como sendo o da pessoa que apresentou o governador ao senhor Carlos Augusto de Almeida Ramos (Carlinhos Cachoeira), tem a dizer que o referido encontro de fato aconteceu, nas dependências do edifício Excalibur, em Goiânia, onde também possui residência. Na ocasião, o suplente de senador Ataídes Oliveira recebia visita do governador do Tocantins, Siqueira Campos, quando ambos encontraram, na recepção do prédio, no momento da saída do governador, o senhor Carlinhos Cachoeira, que à época residia no mesmo edifício, sendo, portanto vizinho. (Como já é sabido, Carlinhos Cachoeira, por motivo de separação da esposa, não reside mais no edifício). Nesta oportunidade foi feita a apresentação. A partir desse momento, houve uma rápida conversa de cerca de dois minutos entre os recém-apresentados.

Ataídes Oliveira informa ainda que desconhece quaisquer outros possíveis encontros que, por ventura, tenham acontecido após esse dia entre o governador Siqueira Campos e o senhor Carlinhos Cachoeira. Desconhece também esse encontro, divulgado pela imprensa para tratar de assuntos referentes ao Delegado da Polícia Federal, Deuselino Valadares dos Santos.

Também afirma que não tinha conhecimento de doações de campanha feitas pelo Carlinhos Cachoeira, ou por qualquer outra empresa ou pessoa ligada a ele, recentemente mencionadas pela imprensa local e nacional.

Sem mais para o momento, esta assessoria se disponibiliza para outros esclarecimentos que se fizerem necessários.