Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante entrevista coletiva após o anúncio da vitória na corrida à Prefeitura de Palmas, Carlos Amastha(PP) afirmou que a transição de governo deve começar logo, dependendo apenas do prefeito Raul Filho (PT). Amastha negou ter feito compromisso político com o petista. “Não tenho nenhuma ligação com ele”, disse. Amastha estava ao lado da esposa Glô Amastha e do vice Sargento Aragão (PPS).

Amastha anuciou ainda criação da Secretaria da Inclusão social onde o presidente da Associação de Maranhenses da capital, José Mamédio de Oliveira será o titular. A intenção, segundo ele, é dar espaço para todos os grupos sociais da capital. A jornalista Raquel Oliveira será a nova secretária municipal da Comunicação Social, segundo o novo prefeito.

Com relação às outras secretarias o novo prefeito disse que fará as substituições com caráter técnico. As cotas políticas, segundo ele, serão discutidas apenas com Sargento Aragão, seu vice, e o deputado estadual Wanderlei Barbosa (PEN).

Sobre sua relação com o governador Siqueira Campos e com a câmara de vereadores Amastha afirmou que pretende ter um relacionamento institucional inclusive com todos os partidos.