Polí­tica

Foto: Divulgação O ex-ministro Borges da Silveira vai se filiar ao PP dia 11 O ex-ministro Borges da Silveira vai se filiar ao PP dia 11

No dia 11 deste mês o Partido Progressista vai realizar a convenção municipal da legenda onde o atual presidente do PP Metropolitano, prefeito eleito de Palmas, Carlos Amastha, deverá deixar o cargo. Amastha, segundo informou fontes do PP, deverá deixar a presidência mais por uma questão prática do que política. O possível substituto ainda deve ser definido pelo grupo. Não só no PP mas em outros partidos há o entendimento de que o chefe do Poder Executivo não ocupe a presidência da legenda.

Na convenção, o presidente regional do PP, deputado federal Lázaro Botelho deve ainda fazer um balanço do desempenho do partido nas eleições deste ano quando a sigla conseguiu eleger os prefeitos de Palmas, Arraias, Cristalândia, Anjico, Sampaio e de Aragominas.

No evento está previsto ainda a filiação do ex-secretário estadual Luiz Carlos Borges da Silveira e também do deputado estadual do PEN, Wanderlei Barbosa.

No encontro há a expectativa que a sigla reafirme a intenção de ter candidato próprio ao governo em 2014. A partir do próximo ano o partido pretende começar a mobilizar as bases nos principais municípios das regiões do Estado. Alguns nomes do PP inclusive devem reforçar a administração de Amastha.

No mesmo dia da convenção a executiva estadual da legenda fará uma reunião para deliberar alguns assuntos partidários. O partido vai começar a mobilizar os principais nomes como a ex-prefeita de Araguaina, Valderez Castelo Branco além do presidente da Fieto, Roberto Magno Martins Pires dentre outros.

Oposição

O prefeito eleito de Palmas já afirmou ao Conexão Tocantins que a partir de janeiro de 2012 vai assumir a postura de oposição ao governo do Estado e pretende ajudar na formatação de um grupo oposicionista ao Palácio Araguaia.