Meio Ambiente

Foto: Valério Zelaya

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, acompanhado de secretários municipais e vereadores, assinou nesta última quarta-feira, 15, a abertura do processo de licitação para desassoreamento do Parque Cesamar e a construção da fonte luminosa no local. Esse foi mais uma ação da programação do 24º aniversário da capital.

Na ocasião, o gestor municipal ressaltou os danos que podem ser causados com a falta de manutenção e limpeza do lago.  O prefeito destacou a importância do Parque para a cidade. “São 14 anos sem manutenção e se não fosse feito nada agora, segundo o estudo realizado pela nossa equipe técnica, daqui um ano esse lago não existiria mais”, afirmou Amastha. “Vamos revitalizar por ser um ponto importante para os nossos palmenses e ser hoje também um símbolo da nossa cidade”, completou. 

Para o desassoreamento será feito um esvaziamento parcial  do lago para  a retirada de todo material  que está no fundo, cerca de aproximadamente 90 mil metros cúbicos de material sedimentado. A fonte luminosa vai auxiliar na oxigenação do lago.