Turismo & Lazer

Foto: Frederick Borges Dunas do Jalapão é um dos principais atrativos da região Dunas do Jalapão é um dos principais atrativos da região
  • Cachoeira da Velha na região do Jalapão
  • Cachoeira da Formiga

Um dos principais pontos turísticos do Estado, o Jalapão é roteiro de visitantes vindos de diversas partes do Brasil, incluindo o próprio Tocantins. De acordo com levantamento feito pela Agência de Desenvolvimento Turístico do Tocantins (Adtur), entre janeiro e julho deste ano, 2.836 visitantes registraram presença na Fazenda Triago, onde ficam localizadas a Cachoeira da Velha e a Prainha Rio Novo. O controle ocorre através do cadastro do visitante, uma ficha individual cujo preenchimento é exigido a cada turista que conhece os atrativos.

Localizado em uma área de 34 mil Km² que abrange oito municípios, o Jalapão é destino anual de uma média de cinco mil visitantes que procuram as belezas das dunas, praias de rio e cachoeiras. Segundo a pesquisa realizada pela Adtur, o perfil dos visitantes é variado. O Jalapão é uma região que recebe turistas do Brasil inteiro, sendo que em 2013 o maior número de visitantes veio do estado de São Paulo, num total de 678 (23,9%). Se os paulistas são maioria entre os visitantes do Jalapão, o público interno do Estado tem se mostrado fiel visitante da região. Ao todo, entre janeiro e julho deste ano, foram registrados 596 visitantes tocantinenses, representando 21% do total.

Independente da região de origem dos visitantes, o principal mês para turismo no Jalapão é julho. De acordo com os números da Adtur, o mês das férias escolares no período de estiagem no Tocantins recebe de longe o maior número de visitantes no ano. Somente em 2013, dos 2.836 turistas que responderam ao questionário, 37,7% foram no mês de julho. Para a diretora de Desenvolvimento e Operações Turísticas da Adtur, Kleiryane Aguiar, o principal atrativo nesse período são as férias escolares. “É o período de férias. Sempre o mês de julho é o mês que mais recebe visitantes”, frisou.

Outro ponto elencado pela diretora foi o fortalecimento das agências de turismo que têm oferecido melhores serviços e estrutura para receber visitantes. Conforme a pesquisa da Agência de Desenvolvimento Turístico, quase a metade (49%) dos turistas que visitam o Jalapão viajam por intermédio de agências. “A iniciativa privada está mais preparada para receber o turista e a divulgação está sendo feita, nossos operadores estão participando de feiras nacionais e internacionais de turismo e levam informações sobre o Jalapão”, completou.

Perfil dos turistas

Conforme o levantamento, os turistas que visitam o Jalapão são, em sua maioria, do Tocantins e do Estado de São Paulo e tem, em aproximadamente 57% das vezes, entre 25 e 49 anos. A renda mensal de boa parte dos turistas, apontada pelo estudo, é acima de cinco salários mínimos (48%).

Ainda segundo o estudo, a hospedagem preferida dos visitantes são pousadas ou o camping (muitas vezes adotado pelas empresas que fazem expedições à região). Dos pesquisados, 54% afirmaram ficar nas primeiras, enquanto 33% frisaram preferir acampar nos pontos turísticos do Jalapão.

Em relação ao principal meio de conhecimento sobre a região, conforme os entrevistados foi através da indicação dos amigos (41%), seguida de consultas à internet (31%). Desta forma, a realização do Rally dos Sertões (que passa pelo Tocantins desde 1998) tem sido fator preponderante para a divulgação do Jalapão. Conforme a diretora da Adtur, a opinião de pilotos e membros de equipes chamam a atenção para a região. “Além disso, a mídia espontânea, com as matérias em grandes jornais, revistas, sites, é uma forma de divulgar o nosso Estado e chamar mais turistas para o Tocantins”, completou.

De acordo com o levantamento da Agência, a extensa maioria das pessoas que visitaram o Jalapão afirmaram aos pesquisadores que ficaram satisfeitas com o turismo no Jalapão. Do total pesquisado, 94% frisaram que suas expectativas foram atendidas ou superadas e 71% dos turistas disseram que pretende retornar.

É o caso, por exemplo, da administradora Geisna Batista dos Santos.  Ela já foi seis vezes ao Jalapão e diz que cada ida é uma nova experiência que vive. “Você sai da rotina, faz coisas que não costuma fazer no dia-a-dia. É uma experiência nova. Quem não acredita que Deus existe, deve ir ao Jalapão”, comentou. Ela explicou que a primeira visita à região foi um presente de aniversário de sua mãe e desde então não deixa de visitar os atrativos turísticos do deserto tocantinense. “Se esse ano eu não puder ir, no ano que vem vou com certeza”, destacou. (ATN)