Palmas

Foto: Divulgação

Integrantes do Movimento Ocupa Palmas deixaram a Praça dos Girassois e foram para a Praça do Bosque. A mudança ocorreu após decisão do juiz Sandalo Bueno de Nascimento, da 2ª Vara dos Feitos das Fazendas e Registros Públicos da Comarca de Palmas, que acatou a ação de reintegração de posse proposta pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) contra Bruno Gabriel Monteiro e outros participantes do grupo. Eles estavam acampados na Praça desde domingo.

Através de sua página no microblog Twitter o prefeito da capital comentou o assunto e disse que um caminhão do governo do Estado fez a mudança dos manifestantes da Praça dos Girassois para a Praça do Bosque. “Que vergonha. Vamos querer explicações.Retiraram os meninos do ocupa Palmas da Praca dos girassóis. E adivinhem? 2 caminhões, um do governo e outro particular,levaram as pertences do grupo para a praça do bosque. Mandamos prender tudo. Queremos explicações”, afirmou o prefeito.

Fotos encaminhadas por leitores do Conexão Tocantins mostram um caminhão do Estado.

Pelo perfil do movimento no Twitter os manifestantes pedem ajuda a outros simpatizantes da causa. “Por favor filhos da revolução, que um mês atrás estavam nas ruas pitando a cara e pedindo pro seu país mudar, estamos precisando de vocês! Convocamos a todos para ir na praça do bosque agora!!! A policia e demais autoridades estão lá para nos impedir de continuarmos...”, informaram. Eles alegam ainda que foram sendo pressionados pela Polícia Civil, Guarda Metropolitana e integrantes da Prefeitura.

O foco das manifestações do grupo é a Prefeitura de Palmas já que a pauta central deles é o passe livre e mudanças no sistema de transporte coletivo.

Inicialmente os manifestantes ocuparam o canteiro central da Avenida LO-02 Norte, com Avenida Teotônio Segurado, em frente à Praça dos Girassóis, que estaria sendo ocupada por manifestantes por mais de  três semanas e deixaram o local após decisão da justiça.