Polí­tica

Foto: Divulgação

De volta de agenda institucional fora do país o prefeito da capital, Carlos Amastha (PP) confirmou ao Conexão Tocantins que o próximo encontro do grupo intitulado de terceira via será no dia 10 de março após o Carnaval onde devem ser definidos vários encaminhamentos.

 Amastha foi criticado esta semana pelo deputado estadual do Pros, Sargento Aragão que chegou a dizer que ele só desagrega como coordenador político e que não tem experiência política para estar à frente de um grupo da oposição. Aragão disse ainda que o prefeito foi o único a não ser convidado para evento do partido semana passada.

 “O Aragão não é meu adversário, respeito e entendo as manifestações dele”, disse. Segundo Amastha as críticas do deputado representam um ato de sobrevivência política. “ Isso aí é um ato de sobrevivência porque ele  está até se aliando ao Lelis depois de tudo q ele fez”, frisou.

 Sem prefeito

 O prefeito comentou ainda sobre a polêmica da sua viagem  esta semana quando o presidente da Câmara, Major Negreiros não assumiu o cargo porque já quer disputar uma vaga na Assembleia Legislativa este ano. Negreiros é o próximo na linha sucessória já que Palmas não tem vice-prefeito. “ Preciso transferir o cargo quando viajo por menos de 15 dias? Esse e um direito constitucional”, frisou lembrando da decisão da justiça que permitiu a alteração na lei orgânica. “ Só passo o cargo por uma questão de estratégia de dar oportunidade aos companheiros”, completou.