Polí­tica

Foto: Divulgação Eduardo Siqueira Campos fala a servidores públicos do Estado Eduardo Siqueira Campos fala a servidores públicos do Estado

Em encontro com servidores estaduais da Administração e Planejamento, o candidato a deputado estadual Eduardo Siqueira Campos (PTB) afirmou que pretende, na Assembleia Legislativa do Tocantins se tornar instrumento na defesa dos direitos e conquistas dos do funcionalismo público. Na reunião, Eduardo lembrou aos funcionários que a gestão atual honrou os benefícios concedidos e ampliou conquistas de categorias. "De maneira inédita, sentaram à mesa na sala de reuniões do gabinete da Secretaria de Relações Institucionais representantes de 18 categorias que, em comum acordo, aprovaram as medidas e ainda elogiaram o governo pelo diálogo, negociação aberta e ter atendido o funcionalismo", destacou.

Para ele, iniciativas como essa resultaram numa relação aberta e franca com os servidores e seus representantes que entenderam que o governo do Estado firmou compromissos de forma responsável e possíveis de serem cumpridos. "O que está em discussão é que a gestão que se inicia em 2015 deve cumprir esses acordos, esses compromissos como o governo cumpriu, diante de inúmeras dificuldades. Tenho consciência que, na Assembleia, caso seja agraciado com a confiança do tocantinense, posso contribuir com minha experiência, diálogo e conhecimento da máquina pública para que essas conquistas sejam respeitadas e cumpridas".

Segundo Eduardo, após assumir o governo em 2011 com cenário de dificuldades financeiras, débitos e com aprovação de projetos que concediam benefícios de maneira improvisada e desproporcional, o governo honrou os compromissos e iniciou processo de diálogo permanente com os representantes das categorias. De acordo com Eduardo, em consenso, a data-base foi modificada de outubro para maio, conseguiu ganhos reais na remuneração de todas as categorias, pagou progressões. Segundo ele, outros exemplos de valorização foram o PCCs da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, equiparação salarial de policiais civis, entre outras medidas.

Outro dado que, segundo Eduardo Siqueira, atesta o respeito da gestão com a administração pública é que ao assumir o governo, em janeiro de 2011,o percentual de servidores concursados era de 58%, com 42% de contratados ou comissionados. Atualmente, porém, são 72% de efetivos, um aumento de 14 pontos percentuais. A atual gestão do Estado finalizará o ano tendo chamado 10.255 pessoas via concursos públicos. O número representa uma média anual de 2.564 novos efetivos. As administrações de 2003 a 2010 chamaram 6.428, ou seja, 3.827 a menos que a gestão que assumiu em janeiro de 2011.

A reunião foi organizada pelo secretário da Administração, Lúcio Mascarenhas e realizada na noite desta última terça-feira, 2, no comitê central da coligação “A mudança que a gente vê”, em Palmas. O deputado federal Angelo Agnolin, candidato a vice de Sandoval, e a primeira-dama Marcela Cardoso prestigiaram o encontro. Já o governador Sandoval Cardoso esteve no encerramento devido a outros compromissos em sua agenda.