Polí­tica

Foto: Divulgação

Dezesseis associações, sindicatos e líderes de servidores públicos declararam apoio ao candidato ao Senado, deputado estadual Sargento Aragão (Pros), da coligação Reage Tocantins, na noite de sexta-feira, 26, em Palmas. Os líderes e representantes das entidades ressaltaram o compromisso de Aragão com o Tocantins e apontaram que sua atuação vai além da segurança pública.

A reunião aconteceu na sede da Associação dos Militares da Reserva, Reformados e Pensionistas representadas pelo presidente, Capitão Sulino. Entre as entidades, estão a Associação dos Servidores do Município de Palmas que foi representada pelo seu presidente Jordeon Gama de Souza.

Em seu discurso, Aragão ressaltou que está há dez anos discutindo e formulando leis com melhorias para a segurança pública. “Mas o Aragão é um parlamentar que atua nas mais diversas áreas. Fiz a proposição de leis para os servidores de todas as categorias. Trabalhei pelos mais diversos setores da sociedade e fiscalizei o Executivo que é o papel do Legislativo”, apontou Aragão acrescentando que é ficha limpa e que nunca teve Associação de Credores de Cheque Sem Fundo como outros candidatos nas eleições 2014.   

O presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Tocantins, Felipe Jaime, destacou que o apoio a Aragão é o reconhecimento pela sua história e atuação. “Ele vai olhar pelo Estado e pela segurança pública. Precisamos de uma reformulação e propostas para a segurança e Aragão mostra que tem compromisso não só com a segurança, mas também com os diversos temas e o Tocantins”, declarou Jaime.  

O ex-presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado, José Ronaldo, levou o seu apoio à candidatura de Aragão. “Porque apoiar o Aragão? Porque desde que o conheço ele é a mesma pessoa. O que é correto na Assembleia Legislativa, ele defende. Ele tem história e caráter. É um candidato leve, dá prazer falar dele. Com o Aragão no Senado, o Tocantins e o Brasil vão ganhar em nível de debate e representação”, afirmou José Ronaldo.

Já o presidente da Associação das Guarda Metropolitana do Estado do Tocantins, Eduardo Aires, apontou que pedir voto para Aragão é a coisa mais fácil. “O povo reconhece a sua história e sabe do seu compromisso”, disse Aires.

O 1 suplente de Aragão, Moacir Gonçalves, o Moacir do Basa, que é vice-presidente do Sindicato Rural de Palmas, também esteve presente. Além dele, participaram ainda levando o apoio pessoal e das entidades, a delegada de Polícia Civil Cinthia Paula representando a presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia, Juliana Moura.

Participaram também o secretário estadual da Saúde do Trabalhador da CUT, Eloízio de Freitas Neves; o diretor do Sindicato dos Bancários, Raimundo Clésio Alencar; o agente da Polícia Federal, Elder Aguiar; o presidente da Associação dos Praças Militares do Estado do Tocantins, Cabo João Vitor; o presidente da Associação dos Cabos e Soldados do 7 e 3 Batalhão da PM, cabo Adailton; o presidente da Associação de Cabos e Soldados em Dianópolis, Cabo Urcino.

O Coronel Gestino representou o presidente do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais, Jordino Santana Oliveira, o presidente da Associação dos Agentes de Trânsito e Transporte do Estado do Tocantins, Zuilton, e o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos da PM, Marconi Pereira, também participaram.

A Associação da Guarda Metropolitana do Estado do Tocantins, Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado; Sindicato dos Policiais Federais no Tocantins e Associação dos Servidores Municipais de Palmas também levaram o apoio a Aragão.