Ciência & Tecnologia

Foto: Divulgação

Objetivando financiamentos para projetos de inovação, 51 micro e pequenas empresas com sede no Tocantins inscreveram suas ideias no Tecnova – Programa de Inovação Tecnológica. Desenvolvido no Estado pela Sedecti – Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação em parceria com o IEL – Instituto Euvaldo Lodi, o programa do Governo Federal foi bem recebido pelos empresários tocantinenses, superando o número de projetos inscritos em outros Estados brasileiros, como Maranhão, Bahia e Sergipe.

O programa, que visa beneficiar empresas das áreas da indústria, comércio, agronegócio e serviços com faturamento em 2013 de até R$ 3,6 milhões, tem como objetivo incentivar processos inovadores. Cada empresa poderá receber entre R$ 160 mil e R$ 400 mil, sendo que os recursos já estão disponíveis.

A primeira etapa de análise dos projetos consiste na verificação dos requisitos formais. Nesta fase, avalia-se se os proponentes entregaram toda a documentação exigida no edital. Até o momento, foram recebidos 51 projetos, mas como estes também podiam ser enviados via Correios, é possível que o número aumente. O resultado preliminar na primeira etapa deve ser divulgado no dia 9 de outubro.

O diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sedecti, Alan Rickson, alerta que os empresários que optaram pelo envio via Correios devem ficar atentos. “É preciso acompanhar o protocolo de envio porque, se extraviar ou ocorrer algum problema na entrega, o proponente deve tentar corrigir antes do final da primeira etapa”, disse.

Os projetos inscritos ainda passarão por mais duas etapas, sendo elas a avaliação de mérito e a análise conclusiva. O resultado final deve ser apresentado no dia 23 de janeiro de 2015. A expectativa da Sedecti é que cerca de 30 empresas sejam beneficiadas com recursos do Tecnova.

Segundo Alan Rickson, o número de projetos inscritos atendeu as expectativas e acredita-se que mais de 70% destes passem da primeira fase de avaliação, pois houve uma ampla divulgação sobre os cuidados para o envio. “Espera-se que as empresas contempladas possam colocar suas empresas em destaque nacional, tornando-as mais competitivas no Tocantins e no Brasil”, concluiu.

Divulgação

Desde o lançamento do edital Tecnova, em junho deste ano, Sedecti e IEL realizaram workshops técnicos em várias cidades do Estado com o objetivo de divulgar e esclarecer dúvidas relacionadas ao edital, contribuindo com os empresários na elaboração de suas propostas. 

Entenda o Programa

O investimento total será de R$ 9,6 milhões, sendo R$ 7,2 milhões do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, através da Finep – com contrapartida de R$ 2,4 milhões, do Governo do Estado. Desse valor serão repassadas às empresas cerca de R$ 8,7 milhões, por meio de projetos de inovação aprovados e R$ 900 mil serão destinados a gestão, capacitações e monitoramento de projetos. São parceiros do Tecnova no Tocantins a Fapt – Fundação de Amparo a Pesquisa do Tocantins e a Faciet – Federação das Associações Comerciais e Indústrias do Tocantins.

Por: Aurora Fernandes (colaboração)

Tags: Alan Rickson, Secretaria Estadual do Desenvolvimento, Tecnova