Palmas

Foto: Murilo Valadares Os santinhos recolhidos serão doados para reciclagem Os santinhos recolhidos serão doados para reciclagem

Por volta das 11 horas da manhã deste domingo, 05 de outubro, dia de eleições, cinco pessoas se reuniram em frente ao Colégio Marista de Palmas para recolhimento de santinhos que estavam jogados por todos os lados em forma de protesto. Segundo Murilo Valadares, que convidou as pessoas para o recolhimento, os candidatos responsáveis por tais atos, não merecem votos.

Milhares de santinhos estão jogados em diversos pontos da Capital. “Eles não merecem esse voto, os que jogam santinhos não merecem”, afirmou.

Em entrevista ao Conexão Tocantins, Murilo afirmou que esse tipo de sujeira não pode mais acontecer em dias de eleições. “Tinham muitos santinhos, enchemos todos os sacos de lixo que tínhamos. Não acabamos com todos, mas deu uma amenizada gigante lá na entrada do Marista”, disse. 

Murilo ainda adicionou que está com todos os sacos cheios de santinhos guardados em sua casa. Segundo ele, após alguns dias do término da política, irá doar para reciclagem. 

Carlos Amastha

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP), descontente com os milhares de santinhos espalhados pela Capital, publicou em sua página do Twitter declaração sobre a sujeira que está a cidade.

“Que tristeza, tanto trabalho para limpar a cidade...Está um lixo.Tem que acabar essa maneira de fazer política.Vamos que vamos”, publicou.