Estado

Foto: Divulgação

A empresa responsável pelo concurso a Defesa Social, a Funcab notificou o atual governo informando que não vai divulgar as notas da prova objetiva nesta quarta-feira, 7, como previa o cronograma do certame. A empresa alega que não recebeu nada do governo anterior pela aplicação das provas.

“A empresa fez uma notificação dizendo que não vai divulgar o resultado”, informou o governo ao Conexão Tocantins. A empresa foi procurada ontem pelo Site e informou que estava prevista a divulgação bem como a convocação para o teste de aptidão física porém reconsiderou a decisão.

A Secretaria da Administração tenta contornar o assunto e vai também notificar a empresa para que faça a divulgação. A pasta se deparou com outro problema: o dinheiro encontrado no fundo específico aberto para arrecadar o dinheiro das inscrições não é o suficiente para pagar a empresa. Ainda é apurado o valor encontrado porém informações extraoficiais apontam que foram apenas R$ 60 mil.

O certame teve mais de 42 mil inscritos no total. O governo já informou que vai abrir um procedimento administrativo para investigar a destinação do dinheiro das inscrições e porque o valor não foi repassado para a empresa.

Nesta terça-feira a Funcab mandou a seguinte nota para Conexão Tocantins:  “A Funcab vem informar que não recebeu os valores referentes às notas fiscais emitidas, alusivas à prestação dos serviços de organizadora do Concurso Público da Defesa Social do Estado do Tocantins. Tais numerários seriam inclusive para pagamento dos cheques emitidos aos colaboradores (fiscais etc) que atuaram na aplicação das provas objetivas”, afirmou a Fundação.

O certame prevê  1.217 vagas.

Veja íntegra da nota da Funcab sobre o assunto:

 Tendo em vista o não cumprimento, por parte do Governo do Estado, de cláusulas contratuais firmadas com a Funcab, alusivas à prestação dos serviços de organização do Concurso Público da Defesa Social do Tocantins, a Funcab vem a público informar a interrupção do citado certame e a consequente não divulgação dos resultados das provas objetivas, o que, de acordo com o Edital, ocorreria na data de hoje.

 A Funcab esclarece que todas as etapas do concurso foram por ela realizadas, inclusive o processamento do resultado ora não divulgado, e afirma que as iniciativas para reverter tal situação estão sendo tomadas com a nova administração do Estado de Tocantins.