Saúde

Foto: Sara Cardoso Secretários de Saúde aproveitaram o momento para tirar dúvidas em relação ao programa Secretários de Saúde aproveitaram o momento para tirar dúvidas em relação ao programa

Secretários de Saúde dos 15 municípios que compõem a Região de Saúde Cantão participaram nesta quarta-feira, 20, em Paraíso do Tocantins, de uma reunião para estabelecer o fluxo de atendimento das unidades móveis da oftalmologia Saúde para Todos, um programa do Governo do Estado que está levando consultas e cirurgias de catarata a pessoas com idade acima de 55 anos.

O secretário de estado da Saúde, Samuel Bonilha, destacou que o local escolhido para abrigar a estrutura do programa é amplo e vai oferecer mais conforto aos pacientes. “Escolhemos o local cuidadosamente, será o Parque de Exposição que vai conseguir abrigar toda a estrutura. Nós temos nessa região uma média de 125 mil pessoas e queremos que todos aqueles que necessitem e se enquadrem nos critérios sejam atendidos. O secretário de Paraíso vai ficar responsável por organizar o fluxo de atendimento e cada cidade vai levar seus pacientes em um determinado dia. Tudo será muito bem organizado como foi em Guaraí”, enfatizou.

O coordenador geral da ação, Luciano Goulart, destacou que o programa está trabalhando com o que há de mais moderno em equipamentos e que todos os pacientes serão atendidos com a máxima presteza. “Nós estamos muito satisfeitos com os resultados de Guaraí, onde finalizamos a ação sem nenhuma intercorrência de infecção e hoje passamos todas as informações aos secretários dessa região. Chamamos atenção para o fato de nós começarmos os atendimentos cedo. Às 5 horas da manhã o cadastro está aberto e às 6 horas da manhã é feita primeira cirurgia, isso para que a gente não precise adentrar a noite, período em que é muito mais difícil para o idoso se locomover”, afirmou.

O secretário de Saúde de Paraíso, Rui Azevedo, informou que dezenas de pessoas aguardam na fila e após passarem pela cirurgia de catara vão poder ter uma qualidade de vida muito melhor. “A gente recebe com muita alegria essa ação porque é a oportunidade de atender o paciente que estava há três, quatro anos esperando na fila para realização de cirurgia. Temos muita alegria e satisfação em receber esse apoio que o Governo Marcelo Miranda está trazendo para as secretarias municipais de Saúde e atendendo a determinação do prefeito Moisés Avelino, não vamos medir esforços para sediar da melhor maneira esse serviço”, disse.

Na ocasião, a secretária de Saúde do município de Cristalândia, Maria da Conceição, falou sobre a demanda reprimida que existe em seu município e destacou que essa ação de governo é bem vinda e necessária. “A demanda está reprimida porque nós não tínhamos apoio e só agora estamos recebendo essa assistência. Temos moradores que há muitos anos estão dependendo de cirurgia, um procedimento que é caro, por isso estamos abraçando com as duas mãos essa ação, no intuito de abranger todos àqueles que atendam aos critérios”, disse.

Quem também participou do encontro foi o deputado estadual Nilton Franco, que é da cidade de Pium, um dos municípios que serão beneficiados com esta etapa da ação. “Nós já sabemos que em Guaraí o programa foi um sucesso e aqui em nossa região não vai ser diferente. Sabemos que uma cirurgia de catarata custa caro e a maior parte das pessoas não tem condições de estar realizando um procedimento como esse. Sem falar nos benefícios imediatos, pessoas que não enxergam nada vão sair daqui enxergando tudo”, ressaltou.

Além dos secretários de Saúde, a reunião contou com a participação do prefeito da cidade de Cristalândia, Big Jhow, lideranças e vereadores de Paraíso e outros municípios.

Local escolhido

O secretário Samuel Bonilha, acompanhado pelo coordenador geral da ação, Luciano Goulart, o prefeito de Paraíso, Moisés Avelino, o superintendente Estadual de Juventude, Ricardo Riberinha, diretores do Hospital Regional de Paraíso (HRP) e lideranças da região estiveram nesta manhã no Parque de Exposições de Paraíso conhecendo o espaço onde será montada a estrutura para receber os pacientes.  O local foi escolhido por ser um espaço amplo que vai oferecer mais conforto aos pacientes, além de ficar localizado próximo ao Hospital Regional, unidade que estará preparada para atender qualquer possível intercorrência.