Economia

Foto: Divulgação

Exposição de destinos turísticos, parcerias firmadas e muitas perspectivas de negócios são alguns dos resultados da participação do Estado do Tocantins na feira internacional do segmento, a Word Travel Market (WTM) Latin America, realizada na cidade de São Paulo (SP) nesta semana. O evento, encerrado na noite desta quinta-feira, 6, reuniu profissionais do setor do turismo de todos os continentes, favorecendo o intercâmbio de informações e de contatos profissionais.

Responsável pela articulação da participação do Estado no evento, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), por meio da Superintendência de Desenvolvimento Turístico, efetuou o convite e foi atendida por empresas de receptivo turístico e meios de hospedagem. Assim, com a presença dos empresários, foi possível não só divulgar o Estado, mas realizar parcerias que resultarão em maior volume de visitantes ao Tocantins.

Do ponto de vista institucional, para o secretário Alexandro de Castro Silva, a feira possibilitou não só promover o Tocantins, mas fazer com que os técnicos do Estado presentes pudessem trocar experiências, a partir do diálogo com outras unidades da Federação e de outros países, ampliando as estratégias e alternativas para o desenvolvimento da cadeia produtiva do turismo. Na feira, o secretário participou de reunião extraordinária do Fórum Nacional de Secretários e Gestores Estaduais do Turismo (Foestur), de reunião com os gestores da região Norte, e conversou com visitantes no estande do Tocantins.

Para o superintendente de Turismo do Tocantins, James Possapp, esta foi uma das melhores participações do Estado em uma feira do segmento do Turismo. Agora, avalia, tanto o Governo quanto as empresas participantes voltam para o Estado com perspectiva de implementar novas ideias para atrair mais o interesse no turismo do Tocantins nos próximos eventos desta natureza. “Na minha experiência, a participação na WTM 2017 foi umas das melhores do Governo do Estado e parceiros em uma feira do segmento de turismo. Foi um resultado muito positivo. Mesmo como a economia um tanto estagnada, o turismo mostra a sua força, pois os três dias foram muito movimentados”, avaliou.

Parceria

Para participar do evento, os Estados brasileiros contaram com apoio do Ministério do Turismo, que cedeu os estandes para divulgação. Em visita ao espaço do Estado, o chefe de Gabinete da Secretaria Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do Ministério do Turismo, Hercy Filho, enfatizou a importância da parceira entre as três esferas do Poder Executivo – municipal, estadual e federal -  para tornar o turismo um agente de desenvolvimento da sociedade. "Só se faz o Turismo prevalecer como agente econômico, fomentador de emprego e renda se todos os entes federados estiverem envolvidos. Com a congregação destes entes e da iniciativa privada, vamos fazer com que o Turismo atinja o patamar que desejamos", apontou.

Para o superintendente James Possapp, a presença das empresas no estande foi fundamental para o sucesso do Tocantins na feira. “Não basta você promover um destino sem ter aquele que realmente comercializa o produto. Neste ano conseguimos a presença significativa de hoteleiros e operadores de diferentes regiões do Estado, que puderam mostrar as especificidades do seu produto, diretamente para o interessado”, destacou.

Por meio da superintendência de Cultura da Seden, foi possível levar para a feira de turismo a degustação de elementos da gastronomia típica do Tocantins. “Isso atraiu uma boa movimentação para o nosso estande, chamou a atenção. As pessoas puderam conhecer o biscoito Amor Perfeito, de Natividade, a famosa paçoca de carne de sol de Arraias, os licores de caju, jenipapo e murici de Monte do Carmo. Isso tudo agregou elementos e ajudou na nos diferenciar na feira”, enfatizou Possapp.

Superintende de Desenvolvimento da Cultura, Noraney de Fátima Fernandes de Castro enfatizou a importância deste trabalho conjunto para fortalecer os setores do turismo e da cultura no Tocantins. “São dois setores que se inter-relacionam e pensar projetos que estimulem e fomentem a ambos é muito importante para incrementar a geração de renda de quem vive destes elementos. A cultura de um povo é, em muitos casos, um atrativo turístico à parte. Assim, trabalhar conjuntamente só traz resultados positivos”, disse.

Leonardo Azevedo é turismólogo e proprietário da CC Trekking, empresa de receptivo turístico com atuação na região do Cantão participou pela primeira vez da WTM. “Eu achei uma feira muito interessante, pelo fato de se só pessoas ligadas ao mercado de turismo. Foram empresas, operadoras, agências de viagens, bem focado. Então a gente vê que o nosso material foi bem direcionado”, apontou. Ele também comemorou as perspectivas de negócios a partir dos contatos realizados. “Foi muito bom. A gente teve um contato legal com grandes empresas. Eu gostei muito”, enfatizou.

Sobre a feira

Considerada o principal evento mundial do setor de viagens e turismo da América Latina, a WTM Latin America foi realizada durante três dias (de 4 a 6 de abril) no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Em sua quinta edição, o evento promove a América Latina para o mundo e traz o mundo, criando oportunidades de negócios.

Do Tocantins, quatro agências de receptivo turístico, dois meios de hospedagem, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/Tocantins) e a Agência de Turismo de Palmas estiveram presentes no estande do Governo do Tocantins, apresentando seu trabalho. Além da CC Trekking, estiveram presentes das empresas de receptivo turístico Jalapão Expedições, Korubo Expedições e Agência Serra Geral; e os hotéis Céu Palace Hotel e Hotel 10.