Saúde

Um evento que vai beneficiar diretamente pelo menos 800 pessoas, entre profissionais farmacêuticos da região Norte do Estado e estudantes de Farmácia do ITPAC, em Araguaína. Nesta sexta e sábado, 12 e 13 de novembro, a Sociedade Brasileira de Farmácia Comunitária (SBFC) e o curso de Farmácia do ITPAC promovem cursos na área de Assistência Farmacêutica no Serviço Público e Marketing em Farmácias e Drogarias, temas importantes para o momento em que vive o mercado e a profissão farmacêutica, de acordo com o presidente da SBFC e palestrante do evento, Dr. Amilson Alvares.

“As grandes redes de farmácia que tomaram conta do Brasil e especificamente do Tocantins praticam preços desleais e as pequenas empresas estão fechando as portas. Abordar o 'Marketing na Farmácia' é essencial neste momento para que os comerciantes consigam sobreviver a essa concorrência, os nossos profissionais tenham emprego e a economia do Tocantins seja movimentada por todas as fatias do mercado”, ressaltou Alvares.

Assistência Farmacêutica no SUS

Com as recentes restrições impostas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), como a retenção de receita para antibióticos que começa a valer neste mês, é necessário que o profissional farmacêutico, especialmente do serviço público, esteja preparado para prestar informações ao usuário de medicamento e, principalmente, atue de forma correta na dispensação do mesmo, evitando o uso irracional de remédios que onera os cofres públicos e o pior: causa perigo à saúde.

Essas são apenas algumas das necessidades que fizeram com que a SBFC e o ITPAC colocassem na programação dos cursos deste fim de semana o tema da Assistência Farmacêutica no SUS.

O curso será ministrado pelo presidente da comissão de Saúde Pública do Conselho Federal de Farmácia, Dr. Valmir de Santi, que abordará aos participantes formas práticas de como ter êxito na prestação do serviço farmacêutico no serviço público. Ele vai apresentar projetos implantados em vários municípios do Brasil, que deram certo e que podem se adequar à realidade do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa