Estado

Foto: Divulgação

O funcionalismo federal, sindicatos e movimentos sociais estiveram reunidos nessa sexta-feira (24), no Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Federal no Estado do Tocantins (Sintsep-TO), quando aprovaram paralisação e indicativo de greve para próxima segunda-feira (27).

O ato, segundo o Sindicato, visa unir e intensificar o movimento grevista no Estado do Tocantins, a exemplo do que vem acontecendo no restante do país em que 80% do total de servidores do Executivo Federal já aprovaram greve.

Um comunicado da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef) informando a decisão da categoria já foi enviado a todos os órgãos competentes, incluindo os ministros de todos os ministérios. A decisão só se reverte caso o governo apresente proposta formal levando em conta o conjunto de demandas apresentadas, sem condicionar o processo de negociações a apenas um item em debate.

"A categoria espera que nesse processo o governo leve em consideração também o índice de inflação apontado para este ano e que pode chegar a dois dígitos, em torno de 10%. A preocupação é que a categoria não continue amargando perdas salariais, que no acumulado chegam a mais de 40%, o que na prática significar redução dos salários do funcionalismo federal", afirmou Flávio Mota, representante do Sintsep/TO

A paralisação acontecerá em vários órgãos públicos na capital e haverá concentração de servidores e protesto com carro de som em frente ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), carreata até o Ministério do Trabalho (MTE) e finalização do ato na Fundação Nacional de Saúde (Funasa). 

Acontecerá paralisação das atividades Fundação Nacional do Índio (Funai); participação dos servidores: do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), Superintendência do Patrimônio da União (SPU), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); participação do Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Colinas e Articulação Camponesa de Luta pela Terra e Defesa dos Territórios. Foram convidados servidores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Valec - Engenharia, Construções e Ferrovias S.A., Instituto Nacional do Seguro Social  (INSS). O ato contará com a participação de representante do Sindicato Nacional dos Docentes do Ensino Superior (ANDES-SN). (Com informações Ascom Sintsep)

Por: Redação

Tags: Condsef, Flávio Mota, Sintsep