Polí­tica

Foto: Divulgação Stalin disse que a senadora Kátia Abreu tem brigado com Deus e todo o mundo Stalin disse que a senadora Kátia Abreu tem brigado com Deus e todo o mundo

O deputado do Solidariedade, Stalin Bucar da coligação do governador Sandoval Cardoso, candidato à reeleição, se posicionou na tarde desta terça-feira, 15, sobre a troca de farpas entre o advogado do seu partido, Juvenal Klayber e opositores. Em entrevista ao Conexão Tocantins Stalin disse que Marcelo Miranda (PMDB) está inelegível por ser ficha suja, rebateu Kátia Abreu e disse ainda que Freire Junior era quem mais elogiava Eduardo Siqueira Campos.

Segundo Stalin Bucar, a reação dos opositores é sinal de que sabem que Marcelo Miranda não tem condições de ser candidato. “O Marcelo Miranda está inelegível desde quando foi condenado, agora ele está tentando enganar quem?! A ele mesmo não é possível! só se ele for débil mental, só se for! porque não tem condição! Porque a população ele não vai enganar. Ele está inelegível em duas condições, a da condenação do Tribunal e a da Assembleia (Legislativa) também. A Assembleia é um órgão que suas decisões tem que ser acatadas. E se a lei da ficha limpa diz que o órgão colegiado condena, condena! A lei que é pra mim, tem que ser para o Marcelo Miranda, tem que ser para o Papa, para o Presidente da República, porque se não ela não funciona”, afirmou.

Se tratando da senadora Kátia Abreu, Stalin afirmou ao Conexão Tocantins que a senadora “tem brigado com Deus e todo o mundo, ela tem brigado até com ela mesma. E o resultado dessa rebeldia dela, ela vai ter é nas urnas”, ironizou.

O deputado continuou dizendo que “não adianta espernear" e discorreu sobre a condenação de Marcelo Miranda. “O Marcelo Miranda a gente já sabe que não tem a ficha limpa, porque ele foi condenado, ele tem que aceitar a situação da lei. Não adianta a Kátia espernear ou quem quer que esteja esperneando ai. Ela deveria estar agredindo agora com palavra da maneira que ela quiser é o Tribunal Superior Eleitoral, que condenou ele (Marcelo Miranda). Ela tem que partir pra briga é com os órgãos que baseados na constituição o condenaram, e pronto! E nós na Assembleia Legislativa condenamos o ex-governador baseado num parecer técnico do Tribunal de Justiça (sic) em que depois de analisarem com um tempo, descobriram que ele desviou recurso, que não aplicou os recursos devidamente, e que isso ai ensejou num parecer de rejeição das contas”, afirmou.

Freire Junior

Quanto ao posicionamento do vice-presidente do Partido Verde, Freire Junior, o deputado Stalin Bucar afirmou que se tratava da pessoa que mais elogiava o Eduardo Siqueira Campos. “De quem mais ouvi elogios em relação a Eduardo Siqueira Campos foi do Freire Junior, mas muitos elogios! Dizia ele que Eduardo Siqueira era uma homem de uma capacidade política imensurável, que era o melhor político que tinha no Tocantins ou no Brasil, isso ele cansou de me dizer. E ai mudou a casaca porque não quiseram se submeter aos caprichos dele. Respeito como pessoa, agora como político está fora da realidade”, arrematou.