Polí­tica

Foto: Divulgação

Para sanar a dívida bilionária que o Governo do Tocantins diz registrar em suas contas, Mário Lúcio Avelar (PSOL) disse que irá implantar no Estado o programa Transparência 100%. O programa consiste em garantir o acesso da sociedade civil a todas as receitas e despesas do governo estadual, inclusive permitindo a avaliação do cidadão de todos os atos praticados que impactam nas contas públicas.

“Nossa ideia é manter o Portal da Transparência, mas aperfeiçoar a entrada dos dados, de forma que a população consiga acompanhar os gastos da administração. Ampliando essas formas de controle, será possível que o cidadão e os órgãos fiscalizadores consigam ter informações precisas sobre as receitas e despesas, além dos projetos e obras em andamento. Uma evolução em termos de gestão pública”, explicou Mário Lúcio.

Segundo Mário Lúcio, o candidato pretende implantar também o programa Otimização do Serviço Público com redução da estrutura atual do governo. Buscando priorizar as áreas essenciais e a sua articulação intersetorial, para reduzir drasticamente o número de cargos comissionados e contratos especiais, preparando o Estado do Tocantins para novos concursos públicos, com o objetivo de substituir todos os trabalhos temporários por servidores efetivos.