Polí­tica

Foto: Divulgação

O derrame de santinhos no dia da votação ainda é uma triste realidade, que além de sujar as ruas, dificulta a locomoção de pessoas idosas e portadoras de deficiência, entope bueiros e poluem os rios.

Para evitar os transtornos causados com propaganda impressa espalhada pela cidade por partidos políticos e candidatos, o Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Tocantins (TRE-TO) lança a campanha “Eleições Sem Sujeira: candidato que suja a cidade não merece o seu voto”, para conscientizar partidos políticos, coligações e a sociedade sobre a importância de evitar o derrame de materiais de campanha nas ruas e assim, promover uma eleição mais ética e ecologicamente correta.

O projeto foi lançado no dia 3 de maio, no auditório do TRE-TO, durante reunião para definir o Plano de Mídia para a  propaganda eleitoral gratuita. Os juízes eleitorais, chefes de cartório e servidores das zonas eleitorais também receberam informações sobre a ação durante reunião de trabalho realizada no último dia 14 de maio, com a presidência do Tribunal.

 “Vamos estimular a responsabilidade socioambiental junto aos candidatos, despertar nos eleitores a consciência para exigir que os agentes políticos observem o correto descarte do material de propaganda eleitoral além de orientar os mesários e administradores de prédios (locais de votação) a recolher os resíduos provenientes de suas atividades para dar uma destinação ambientalmente correta, entre outras ações”, explicou a gestora do Plano de Logística Sustentável do TRE-TO, Wagna Cristiane.

O projeto está alinhado ao Planejamento Estratégico 2015 a 2020 e visa promover a garantia dos direitos da cidadania, a responsabilidade ambiental e social.