Meio Ambiente

Foto: Fernando Alves Equipe é composta por membros do Comitê do Fogo Equipe é composta por membros do Comitê do Fogo

Com o objetivo de reduzir o número de focos de incêndios no Tocantins, que atualmente ocupa o 3º lugar no ranking de queimadas com 1.910 registros, segundo informações do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Governo do Tocantins vem realizando o dia D de prevenção contra as queimadas. Com a participação de 26 órgãos envolvidos, o município de Rio Sono é quem recebeu a ação nesta quarta-feira, 4.

As rotas incluiram visita em propriedades rurais da cidade de Rio Sono, contemplando os povoados de Mansinha, Brejo Fundo, Bonfinópolis e Novo Horizonte. Para atender o planejamento no município, foram montadas três equipes com técnicos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O trabalho, este ano, inclui a Capital e será mais intensificado também em  Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Novo Acordo, Rio Sono, São Félix, Mateiros, Pium e Ponte Alta do Tocantins; municípios de emergência ambiental que lideram o ranking de queimadas. O próximo município é Pium, as ações ocorrerão na quinta-feira, 5.

A secretária do Meio Ambiente do Rio Sono, Nilza Lino Fonseca, reforçou que a preocupação do Governo do Tocantins de atuar preventivamente no início do período da seca é fundamental para gerar bons resultados. “Seremos multiplicadores e a população vai abraçar a causa e colaborar para não atear fogo nas matas”, explicou.

 Ação

No município de Ponte Alta do Tocantins, a equipe também esteve percorrendo a zona rural da cidade. O pequeno agricultor José Bonfim Pereira Neto informou que as visitas são importantes. “Para a gente que mora aqui, é comum o fogo, mas é perigoso e vocês aqui dizendo isso vale muito”, explicou.

 São 26 órgãos comprometidos que entram em campo para cumprir o Plano de Ação de 2018, antecipando o Combate a Incêndios, que se intensificará a partir do mês de agosto e seguirá até o mês de outubro: Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh); Coordenadoria Estadual da Defesa Civil; Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju); Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins); Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins); Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto); Secretaria de Estado da Saúde (SES); Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc); Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama); Fundação Nacional do Índio (Funai); Exército Brasileiro; Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra); Polícia Ambiental; Defesa Civil Municipal de Palmas; Guarda Metropolitana; Corpo de Bombeiros; Ministério Público Estadual; Instituto de Terras do Tocantins (Itertins); Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (Faet); Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (Cemaf); Comitê Estadual de Combate a Incêndio Florestal e Controle de Queimadas no Estado do Tocantins (Comitê do Fogo); Fundação Municipal de Meio Ambiente de Palmas; Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins (Adapec); Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte; e Associação Tocantinense de Municípios (ATM).