Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Campo

Foto: Delfino Miranda Foram vacinadas no Tocantins, um total de 486.671 bezerras Foram vacinadas no Tocantins, um total de 486.671 bezerras

O Tocantins bateu mais um recorde na vacinação de bezerras bovídeas (bovinas e bubalinas) contra brucelose, no primeiro semestre deste ano, atingindo o índice de 97,84%. Os dados da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), divulgados nesta sexta-feira, 27, revelam que foram vacinadas no Tocantins, um total de 486.671 bezerras entre três e oito meses de idade, sendo 486.416 bovinas e 255 bubalinas.

“Este é o maior índice de cobertura vacinal contra brucelose da história do Tocantins, e isso é reflexo do compromisso que os produtores rurais têm no controle desta zoonose, e do trabalho de defesa sanitária executado pela Adapec,” comemorou o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha, acrescentando que esta notícia reflete positivamente também na economia, pois agrega mais qualidade aos produtos lácteos e cárneos tocantinenses.

De acordo com a responsável técnica pelo Programa Estadual de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose (Pecebt), Carolina Silveira Ozorio Ribeiro, os produtores que deixaram de vacinar as bezerras com a vacina Cepa B19 serão autuados pela Adapec com multa no valor de R$ 5,32 por fêmea não vacinada e R$ 127,69 pela não declaração e, além disso, terão a ficha cadastral bloqueada até a apresentação da declaração de vacinação com a vacina Cepa RB 51. 

Carolina também explicou que, para executar a vacinação com a RB 51, o produtor rural deve antes ir ao escritório da Agência onde faz a movimentação do seu rebanho e pegar uma autorização para a compra da vacina RB 51, para que o médico veterinário cadastrado no Pecebt possa emitir o receituário para aquisição da vacina, e médico veterinário ou seus auxiliares cadastrados na Adapec vão à propriedade para fazer a aplicação da vacina, pois como esta vacina é de microrganismos vivos atenuados, só deve ser feita por estes profissionais devidamente cadastrados.

Para erradicar a brucelose no Tocantins, a Adapec investe em educação sanitária por meio de palestras para produtores rurais e público em geral nas escolas rurais, associações, eventos agropecuários, entre outros e mantém parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) na realização de cursos de qualificação para auxiliares de vacinação contra a brucelose.