Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Saúde

Foto: Nielcem Fernandes

Profissionais da Unidade Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP) do Hospital Geral de Palmas (HGP)  agora contam com suporte de  profissionais de excelência  do Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre/RS, para discussão de casos e esclarecimentos de dúvidas da rotina diária de atendimentos da UTI, com uso da tecnologia do Projeto de Telemedicina Pediátrica. Este projeto torna possível o compartilhamento de informações em tempo real, por meio de videoconferências, entre a equipe da instituição em Porto Alegre e equipes assistenciais do HGP.

"A função deste projeto é contribuir e auxiliar a equipe de profissionais de saúde do HGP, trazendo de forma remota, a oportunidade de ter contato com profissionais qualificados do Hospital Moinhos de Vento no sul do país, considerado referência em pediatria, sendo um dos cinco hospitais de excelência  do Brasil. Os profissionais do HGP terão a disposição médicos intensivistas da UTI pediátrica de Moinhos para dar suporte na condução dos casos que necessitarem. A ideia não é o especialista tomar conta do caso e sim contribuir com os profissionais do HGP", informou analista de negócio da área de tecnologia da informação do Hospital Moinhos de Vento, Anderson Rosa dos Reis.

O secretário de Estado da Saúde, Renato Jayme, que participou da 1ª primeira videoconferência do projeto, na última quinta-feira, 1º de novembro, ressaltou que este serviço vem fortalecer  o Sistema Único de Saúde (SUS), no Tocantins. "Nosso objetivo é prestar o melhor serviço de saúde ao usuário, e contar com o suporte de profissionais de referência em pediatria para auxiliar nossos  é  de grande satisfação. Todo este aparato de tecnologia  beneficiará os pacientes que procura nosso serviço", destacou. 

A diretora adjunta do HGP,  Renata Duran, comemorou a implantação do projeto na UTI pediátrica do HGP. "Estamos  orgulhosos, o HGP foi selecionado entre as diversas instituições do país,  como  um dos dois primeiros projetos a serem implantados no Brasil, junto com o Hospital Regional Norte de Sobral/CE. Esta troca de experiências que vai acontecer entre as duas instituições diariamente on-line, é muito importante tendo em vista a melhoria e a qualificação da assistência com troca de saberes. Isso tudo vem fortalecer a assistência do usuário", declarou.

Quem aprovou a implantação do projeto foi o médico plantonista que atua há 11 anos na UTI pediátrica do HGP, Cláudio Luis Teodoro.  "Neste  projeto  nós profissionais temos o contato imediato com outros intensivistas, para esclarecer dúvidas com especialistas de excelência  por meio do monitor. Podemos mostrar algo do nosso serviço e a equipe do Hospital de Porto Alegre pode contribuir com nossos pacientes e com o serviço de pediatria, salvando diversas vidas", concluiu animado. 

O HGP foi um dos dois hospitais do Brasil selecionados para implantar este projeto nas Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP). Este trabalho faz parte do Programa de Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) do Ministério da Saúde , voltado ao fortalecimento do   SUS, especificamente  em Telemedicina, que vem a ajudar a contribuir com os hospitais da região norte do país. 

Como funciona?

O paciente ao ser internado na UTI é cadastrado previamente no sistema do projeto, com autorização da família para liberação de imagens. As videoconferências serão agendadas diariamente com a equipe de Porto Alegre, onde é possível o especialista ter acesso aos dados e imagem do paciente pela videoconferência. No momento que o médico for leito a leito verificar os pacientes  ao assumir o plantão naquele dia, ele vai estar trocando informações com o médico de Porto Alegre. O médico do Hospital gaúcho terá os dados e a imagem do paciente (pela câmera) e conversarão sobre o caso do paciente.

Sobre o projeto

O projeto Qualificação da Assistência em Terapia Intensiva Pediátrica por Telemedicina (TELEUTIP) busca aproximar a expertise da equipe multidisciplinar do Hospital Moinhos de Vento a outras unidades do Brasil. O projeto é desenvolvido em parceria com o Ministério da Saúde através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS). Das cinco UTIs pediátricas candidatas a receberem o Telemedicina em UTIP, o Tocantins junto com o Ceará foram selecionados.