Saúde

Foto: Marcos Filho Sandes

Foto: Marcos Filho Sandes

Por determinação do Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), a vacina contra a Covid-19 passa a integrar o Calendário Nacional de Vacinação Infantil. Em Araguaína, o imunizante está disponível, inicialmente, em seis Unidades Básicas de Saúde (UBS) para crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade.

Conforme estabelecido pela Nota Técnica nº 118/2023, a vacina utilizada será do laboratório Pfizer com esquema vacinal de três doses, sendo o intervalo de quatro semanas entre a primeira e segunda dose e de oito semanas entre a segunda e terceira dose.

A diretora de imunização da Secretaria da Saúde de Araguaína, Samilla Braga, ressalta que a inclusão da vacinação no calendário infantil vai contribuir com a redução de possíveis casos futuros e minimizar a ocorrência de doenças respiratórias graves. “Estudos mostram que, entre as crianças, as menores de um ano de idade apresentaram maior incidência de mortalidade pela Síndrome Respiratória Aguda Grave por Covid-19. A doença também pode provocar outra condição grave conhecida como Síndrome Inflamatória Multissistêmica. Diante disso, reforçamos que é fundamental manter a imunização dessa faixa etária para reduzir possíveis complicações”, disse.

Quantidade de doses

Para as crianças, a recomendação é aplicar a primeira dose da vacina aos seis meses de idade, a segunda dose aos sete meses e a terceira dose aos nove meses.

“Todas as crianças de seis meses a menores de cinco anos não vacinadas ou com doses em atraso poderão completar o esquema de três doses, seguindo o intervalo recomendado. Crianças que já receberam três doses da vacina não precisam de adicionais”, explica a diretora.

Atendimento

Pais ou responsáveis de crianças que se enquadram na faixa etária estabelecida para a imunização poderão procurar umas das seis UBS que, em um primeiro momento, serão as referências para a vacinação, levando a Carteirinha de Vacinação do menor, CPF e um documento com foto.

Saiba quais são as unidades:

Das 7 às 19 horas

UBS Setor Araguaína Sul (Araguaína Sul)

UBS Setor Noroeste (Albeny soares)

UBS Setor Alto Bonito (José Rezende)

UBS Setor Vila Aliança (Dr. Francisco)

Das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30

UBS Setor Dom Orione (José Ronaldo)

UBS Setor Lago Azul (Lago Azul)

Sobre a Covid

A Covid-19 é uma infecção respiratória causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2. A doença é potencialmente grave, altamente transmissível e espalhou-se por todo o mundo. No Brasil, 38.210.864 casos foram confirmados e 708.638 óbitos registrados.

Em Araguaína, de acordo com o último Boletim Epidemiológico de número 929, ao todo, 51.031 pessoas foram diagnosticadas com Covid, desde o início da pandemia, sendo 50.407 curados e 622 óbitos. Atualmente, a cidade tem 15 novos casos ativos da doença.

Com grande poder de mutação, o vírus da Covid se adapta a novos ambientes e se torna mais transmissível e mais grave. Até o momento, a vacina é a única defesa que protege as pessoas contra as novas variantes, controla as transmissões e combate casos graves.