Polí­cia

Foto: SSP/TO Ocasal estaria gerenciando uma Ocasal estaria gerenciando uma "boca de fumo", na quadra 307 Norte

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC), efetuou na noite desta última terça-feira, 20, a prisão de Wesley da S. L., vulgo “Pinguim”, de 25 anos, e Lívia C. R. C. P., 19 anos de idade. Ambos são suspeitos pela prática do crime de tráfico de drogas e foram capturados, quando estavam em uma residência localizada na quadra 307 Norte em Palmas.

De acordo com a delegada Luciana Midlej Coelho, titular da Denarc e responsável pelo caso, a ação foi deflagrada após, os policiais civis da Delegacia Especializada receberem uma denúncia anônima, informando que um casal estaria gerenciando uma "boca de fumo", na quadra 307 Norte.

Com base nessas informações, os investigadores foram até o imóvel e, após monitoramento, conseguiram identificar a dupla e confirmar a veracidade das informações. Desta maneira, Wesley e Lívia foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Em poder dos dois indivíduos, os agentes apreenderam porções de maconha, crack, balança de precisão, insumos para embalar a droga e dinheiro. Desta maneira, o casal foi preso e conduzido à sede da Denarc. Após os procedimentos legais cabíveis, Wesley foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas, (CPPP) e Lívia foi recolhida a Unidade Prisional Feminina da Capital. Ambos permanecerão à disposição do Poder Judiciário.