Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Campo

Foto: Luciano Ribeiro

A área plantada de grãos no Tocantins deverá chegar a aproximadamente 1,4 milhão de hectares. Apenas a soja é responsável por 71% deste total, sendo cultivada em uma extensão de 992 mil hectares. O dado pode ser encontrado no 7º Levantamento de Grãos divulgado nesta semana pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Com boa rentabilidade ao produtor, a oleaginosa chegou a registrar índices de produção de 3 milhões de toneladas. A boa safra é resultado das chuvas regulares que ocorreram em praticamente todo o estado, impactando de forma positiva a produtividade da cultura, que pode ficar 3,9% acima da última obtida. As precipitações só chegaram a atrapalhar nos meses de fevereiro e março, dificultando a colheita e resultando em maior percentual de grãos avariados.

Feijão

A expectativa para a produção do feijão 2ª safra também é positiva. O estado tem registrado aumento no número de produtores do grão, principalmente na região sudeste do estado, onde um grupo iniciou o cultivo para exportação na safra passada e, com os bons resultados obtidos, enxergaram na leguminosa uma ótima alternativa em substituição do milho.

O algodão teve movimento inverso no estado, na contramão do comportamento no cenário nacional, registrando queda na área cultivada. O maior entrave para a expansão da cultura está relacionado ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) para o produto. Os produtores da região que faz divisa com a Bahia, por exemplo, preferem cultivar suas lavouras neste estado, dado a redução de 50% do imposto, concedida pelo governo baiano.

O milho, por sua vez, segue a tendência de queda no quadro geral. Mesmo com um aumento na área plantada na 1ª safra do grão, a 2ª safra que é mais representativa tende a cair. No entanto, a redução deverá ser menor do que a estimada anteriormente, uma vez que as boas condições de chuvas no final de fevereiro e durante o mês de março impulsionaram alguns produtores a continuarem o plantio fora da janela ideal para o estado.

Para saber mais sobre a produção de grãos tocantinense acesse o levantamento completo em www.conab.gov.br.