Campo

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) participará da 45ª Reunião Ordinária da Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa (Cosalfa), entre os dias 19 e 20 de abril, em Santa Cruz de La Sierra-Bolívia. O objetivo é discutir as estratégias de erradicação da doença, uma vez que a região Norte do Brasil faz fronteira com aquele País e deve começar em alguns estados a retirada da vacinação contra a aftosa em 2019. Além disso, conhecer o trabalho de controle e combate à doença desenvolvido na Colômbia, após o registro de focos de febre aftosa ocorrido em julho do ano passado e neste mês.

Da Adapec, participará das discussões a diretora de Defesa de Inspeção de Sanidade Animal, Regina Gonçalves Barbosa, e o responsável pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, Márcio Rezende. Entre os temas que serão abordados estão à situação sanitária dos programas nacionais de erradicação da febre aftosa; como avançar com o programa da febre aftosa da Venezuela; avanços e desafios do programa nacional da febre aftosa na Bolívia, entre outros.

O Tocantins faz parte do bloco IV, juntamente com os estados de Goiás, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Sergipe, São Paulo e o Distrito Federal. De acordo com o Ministério da Agricultura, a previsão para retirada da vacinação contra febre aftosa no Brasil é até 2023.