Estado

Foto: Pedro dos Anjos

O governador interino e candidato ao Governo do Estado na eleição suplentar, Mauro Carlesse, lamentou na manhã desta segunda-feira, 14, durante entrevista à imprensa em Araguaína/TO, a recente decisão judicial que proibiu a Caixa Econômica Federal e o Executivo estadual de realizarem uma operação de crédito no valor de R$ 453 milhões. Ele está na cidade para uma grande reunião, marcada para logo mais às 19h30, na Praça das Bandeiras.

Para Carlesse, o município de Araguaína foi um dos que mais perdeu. “Com essa decisão, o município de Araguaína, por exemplo, perdeu mais de R$ 100 milhões, e os demais municípios deixaram de receber mais de R$ 1 milhão, individualmente”, lamentou. O recurso, lembrou o governador, seria destinado para importantes projetos estruturantes em todo o Estado, como a construção de pontes, pavimentação asfáltica de rodovias e construção de hospitais.

O governador fez questão de lembrar que a destinação do recurso foi amplamente debatida na Assembleia Legislativa – enquanto atuava como presidente da Casa de Leis – e sobretudo com os prefeitos de todos os municípios tocantinenses.

Para ele, no entanto, não será por causa a suspensão da operação de crédito que o Estado vai interromper as ações do Governo. “O Estado é frágil e precisa de investimentos, mas de qualquer maneira as ações de Governo estão acontecendo. Estamos fazendo o que é possível”, exemplificou, citando o mutirão de cirurgias eletivas, que já começam a ser realizadas em todo o Estado.

Reunião

Em Araguaína, Carlesse realiza nesta segunda-feira uma grande reunião. O evento vai acontece na Praça das Bandeiras, a partir das 19h30, e reunirá os principais representantes da cidade e da região, como o prefeito Ronaldo Dimas, os deputados federais Lázaro Botelho e Cesar Halum, os deputados estaduais Olyntho Neto, Valderez Castelo Branco e Luana Ribeiro, além de prefeitos, ex-deputados, vereadores e ex-vereadores.

Para o governador, a reunião será um “momento histórico” para a cidade. Em suas redes sociais ele convidou a população para participar do evento. “Convido os amigos de Araguaína a participarem desse grande momento. Juntos vamos trazer a estabilidade que o Tocantins precisa” disse o candidato pela coligação Governo de Atitude.