Economia

Foto: Guaraí Notícias Em Guaraí posto fez churrasco para caminhoneiros em greve Em Guaraí posto fez churrasco para caminhoneiros em greve
  • Em Gurupi protesto recebeu apoio de populares e teve carreata
  • Mapa da PRF mostra pontos de interdição parcial nas rodovias do estado
  • Pneus bloqueiam parcialmente a pista
  • Equipes da PRF a postos em todos os pontos de paralisação
  • Greve entra hoje no terceiro dia

A greve dos caminhoneiros entra no terceiro dia e os profissionais mantêm o bloqueio nas estradas federais no Tocantins. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os motoristas continuam parados na BR-153 nos municípios de Araguaína, Nova Olinda, Colinas, Fortaleza do Tabocão, Alvorada, Paraíso e Gurupi e também na BR-235 no município de Fortaleza do Tabocão.

Ainda de acordo com a PRF a situação em todos os locais onde há manifestação está sob controle. Não foram registrados tumultos ou confusões e o trânsito está bloqueado apenas para veículos de carga. Carros de passeio, ambulâncias e ônibus trafegam normalmente.

A PRF informou que durante a madrugada desta quarta-feira, os motoristas fizeram um bloqueio total na estrada em Fortaleza do Tabocão, impedindo o tráfego de todo tipo de veículo. O bloqueio durou de meia noite até seis da manhã. Neste momento o trânsito já encontra-se liberado.

Apoio

Em Gurupi a Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) e a Associação Comercial e Industrial de Gurupi (Acig) manifestaram apoio ao protesto dos caminhoneiros. Em nota conjunta as duas entidades disseram se solidarizar “com a justa e nobre causa reivindicada, entendendo ser esta luta de todos nós, assim como, repudiar os frequentes, descabidos e desenfreados aumentos dos combustíveis recentemente ocorrido no País, que onera toda atividade econômica e promove  a ineficiência e a perda da competitividade dos nossos produtos e serviços, aumentando em consequência o custo de vida para toda a população brasileira”.

Em apoio aos caminhoneiros os comerciantes deverão realizar na tarde destauma carreata no centro da cidade que seguirá até a BR-153 onde será feito um ato de apoio aos caminhoneiros.

Já em Guaraí, na região central do estado, os motoristas receberam apoio em forma de churrasco. A iniciativa foi de uma rede de postos de combustíveis da cidade que deu ordem aos funcionários para servir carne assada aos caminhoneiros. A empresa também orientou os frentistas a não abastecer nenhum veículo com óleo diesel até segunda ordem.

Entenda

O protesto dos caminhoneiros começou na última segunda-feira, 21, no Tocantins e em todo o Brasil. Os motoristas profissionais protestam contra a alta do preço do diesel. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano.

Fim de imposto

Apesar de continuarem em greve, a expectativa é de que a manifestação dos caminhoneiros chegue ao fim em breve. Na noite desta quarta-feira o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, disse que o governo decidiu eliminar a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre o diesel. O ministro fez ainda um apelo aos caminhoneiros para retornar às atividades normais.