Polí­tica

Foto: Divulgação Outros parlamentares manifestaram apoio ao pedido Outros parlamentares manifestaram apoio ao pedido

Durante a sessão dessa quinta-feira, 24, na Câmara Municipal de Palmas, o vereador Léo Barbosa apresentou um requerimento solicitando que a prefeitura retire as pedras de grandes proporções que foram colocadas no canteiro da LO 03, próximo a Teotônio Segurado.

Segundo o parlamentar, as pedras que foram utilizadas para enfeitar os canteiros e rotatórias podem representar perigo aos motoristas que transitam pelo local, tendo em vista o histórico de acidentes nos cruzamentos da avenida.

Barbosa destacou que a aquisição destas pedras e o local escolhido para colocá-las não cumprem nenhuma função social para a população e questionou o alto valor gasto com a compra do material, aproximadamente R$ 3 milhões de reais. “É uma palhaçada. A prefeitura não pode comprar patrimônio que represente risco para a sociedade, principalmente gastando um valor absurdo com pedra”, completou.

Outros parlamentares manifestaram apoio ao pedido. A vereadora Vanda Monteiro afirmou que também já recebeu reclamações sobre as pedras no local e reforça a solicitação de retirada das mesmas.

Gasto Excessivo Causou Indignação

Em março deste ano foi publicado no Diário Oficial do Município, Nº 1.958, o extrato de contrato de fornecimento, onde a prefeitura de Palmas por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos contratou aproximadamente R$ 3 milhões em pedra britada e marroada, pó de brita de granito e pedrisco de rocha britada para enfeitar canteiros e rotatórias da Capital.

A compra deste material foi muito questionada por vereadores da oposição, mídia e pela população palmense, no entanto, as obras desta natureza continuam sendo realizadas no centro da cidade.