Campo

Foto: Arquivo Seagro O Circuito de Pecuária Sustentável é um incentivo à cadeia produtiva da pecuária O Circuito de Pecuária Sustentável é um incentivo à cadeia produtiva da pecuária

Com proposta de promover uma produção pecuária mais limpa, intensificando o uso das pastagens, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), e parceiros realizam, dia 12 de junho, a 3ª etapa do Circuito da Pecuária Sustentável 2018. O evento ocorre durante a 13ª Semana Tecnológica, dentro da Feira Agropecuária de Araguaína (Expoara). As atividades do circuito acontecem das 8h30 às 12 horas.

O circuito abordará temas sobre práticas adequadas de criação bovina, como integração lavoura pecuária, regularização ambiental e conservação dos solos e água, entre outros.

Essa é a terceira etapa. A primeira e a segunda foram realizadas em abril, no município de Almas, e na região de Paraíso do Tocantins, respectivamente.  O circuito será finalizado no dia 29 de junho, na região de Campos Lindos.

O Circuito de Pecuária Sustentável é um incentivo à cadeia produtiva da pecuária, afirmou a diretora de Políticas para a Pecuária da Seagro, Érika Jardim. “A proposta é promover o desenvolvimento da pecuária nos municípios e regiões circunvizinhas, buscando melhorar a produção e produtividade dos rebanhos, por meio do uso das pastagens, o que é uma vantagem competitiva para o Tocantins. Para isso precisamos recuperar as áreas degradadas, tornando-as mais produtivas”, ressaltou.

Segundo a diretora, a Secretaria da Agricultura está sempre promovendo eventos, visando impulsionar, ainda mais, o crescimento da pecuária no Estado. “A expectativa é mostrar aos produtores, técnicos e estudantes, as diversas práticas adequadas de criação bovina, como integração lavoura pecuária, manejo de resíduos e sistemas de produção de leite e geração de renda a partir dos dejetos da pecuária, entre outras”, explicou.

São parceiros nesta ação, o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Sindicato Rural de Araguaína.