Conexão Tocantins - O Brasil que se encontra aqui é visto pelo mundo
Campo

Foto: Divulgação No Tocantins a produção anual de mandioca é de 264 mil toneladas No Tocantins a produção anual de mandioca é de 264 mil toneladas

O cultivo da mandioca, uma das atividades mais tradicionais da agricultura familiar tocantinense, será tema do Dia de Campo sobre Boas Práticas Produtivas na Cultura da Mandioca, na Fazenda Olho D’água, em Divinópolis, nessa sexta-feira, 8.

O evento é uma promoção do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), em parceria com a Embrapa e a Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), tendo como público alvo produtores rurais e técnicos da extensão rural interessados em adquirir novos conhecimentos e tecnologias de plantio voltados a essa cultura.

De acordo com o engenheiro agrônomo do Ruraltins, Domício Rodrigues, um dos organizadores do encontro, na oportunidade os participantes vão poder conhecer as variedades cultivadas na Unidade de Referencia Tecnológica (URT), implantada na propriedade, desde o ano passado.

“No Estado temos várias unidades implantadas para avaliarmos diversas variedades da mandioca e o desempenho em determinadas regiões. Em Divinópolis, por exemplo, vamos mostrar como foi o uso de tecnologias desenvolvidas pela Embrapa, no cultivo de algumas variedades destinadas para a indústria e de mesa para o consumo. Além disso, por meio de palestras, vamos falar das boas práticas no cultivo dessas variedades, as técnicas empregadas e os resultados dos experimentos. No Tocantins e no Brasil, de uma maneira geral, a produtividade média da mandioca é muito baixa frente ao potencial da cultura. Nesse sentido, nosso maior objetivo é levar essas boas práticas, para que o agricultor consiga sair dessa baixa produtividade e alcançar o potencial que a raiz pode oferecer, e com isso consiga melhorar suas receitas se mantendo no campo e na atividade”, observou o engenheiro agrônomo. 

Produção

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Tocantins, a cultura da mandioca ocupa uma área plantada de 15.615 hectares, com produção anual de 264 mil toneladas, ocupando a 17ª posição no Ranking Nacional. No âmbito estadual os municípios que mais de destacam na produção são: Araguaína, Goiatins, Miracema, Wanderlândia, Taguatinga, Formoso do Araguaia, Campos Lindos, Caseara, São Bento do Tocantins e Aparecida do Rio Negro, que juntos somam mais de 84 mil toneladas de raízes produzidas.

Dia de Campo

O dia de campo faz parte do Projeto de Apoio ao Desenvolvimento de Boas Práticas Agrícolas nas Culturas de Arroz, Feijão e Mandioca, coordenado pela Seagro, em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Ruraltins. O projeto atua em 32 Unidades de Referência Tecnológicas (URTs) distribuídas nos municípios localizados na região centro-norte do Estado.